Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Pesquisa da UFSCar busca dessalinização da água mais barata e eficiente

Pesquisa da UFSCar busca dessalinização da água mais barata e eficiente

No entanto, a tecnologia no foco das atenções – a osmose reversa, que domina o mercado de dessalinização – é relativamente cara, tem alto consumo energético e exigências de manutenção complexas. Por isso, em todo o mundo, pesquisadores buscam alternativas mais baratas e eficientes, dentre as quais se destaca a deionização capacitiva.

No Brasil, o Laboratório de Tecnologias Ambientais (Latea), sediado no Departamento de Engenharia Química (DEQ) da UFSCar, foi pioneiro na aplicação da chamada deionização capacitiva à dessalinização de águas salobras. Luís Augusto Martins Ruotolo, docente do DEQ que coordena o Laboratório, conta que o seu contato com a tecnologia aconteceu em seu pós-doutorado realizado na Universidade de Wisconsin-Madison, nos Estados Unidos, e que na volta, em 2013, montou o que viria ser o primeiro grupo na América Latina a trabalhar com a técnica para a dessalinização.

Processo de deionização capacitiva

O processo de deionização capacitiva utiliza dois eletrodos aos quais é aplicada uma voltagem, similar à de uma pilha comum. Assim, um dos eletrodos fica polarizado com carga positiva e outro com carga negativa. Entre eles, passa a água salobra, contendo cloreto de sódio, NaCl (sal de cozinha). O íon de sódio, carregado positivamente (Na+), é atraído pelo polo negativo, e o cloreto (Cl-) fica retido no eletrodo de carga positiva, restando ao final a água própria para consumo, sem sal. Os eletrodos, por sua vez, são compostos por carvão ativado, que pode ser obtido de diferentes fontes e é similar aos utilizados nos filtros domésticos. No entanto, para o uso na deionização, novos materiais precisam ser desenvolvidos, com maior capacidade de retenção dos elementos químicos a serem retirados da água.

Uma das pesquisas realizadas por Ruotolo obteve um material com características otimizadas para uso na deionização a partir de um polímero condutor, a polianilina (produzida a partir da anilina, um derivado do petróleo). O material foi patenteado e, agora, os próximos passos são o desenvolvimento de um protótipo, antes da utilização em escala comercial. Outros estudos buscaram o aproveitamento de resíduos das indústrias de etanol e de papel na produção do carvão ativado para os eletrodos. Atualmente, o grupo está investigando uma nova classe de materiais, visando a aplicação da dessalinização eletroquímica à água do mar.

Os trabalhos do Latea foram destaque na revista Pesquisa, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), em dezembro de 2017, e, em edição de maio este ano, Ruotolo voltou a comentar a deionização capacitiva como alternativa à osmose reversa. Além da Fapesp, os trabalhos desenvolvidos no Laboratório contam com apoio financeiro também do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Fonte: UFSCar.

Posts Relacionados

Caixa lançará na terça aplicativo para cadastro em renda emergencial

TIM reforça compromisso com colaboradores, clientes e sociedade no combate a COVID-19

Record fez matéria picareta com “professora” que pediu militares na rua a Bolsonaro no mesmo dia do “desabafo”

diariodacidade

O vírus deixou o capitalismo brasileiro nu.

diariodacidade

Petição pelo uso da cloroquina no tratamento do coronavírus ganha adesão recorde na França

diariodacidade

Chegará a hora em que o ganancioso Malafaia prestará contas à Justiça.

diariodacidade

Cônsul da China pergunta a Eduardo Bolsonaro se ele recebeu “lavagem cerebral” nos EUA

diariodacidade

Lucas Lucco arrecada mais de R$ 200 mil em show de aniversário realizado por live

diariodacidade

Pacto Educativo Global: Um convite do Papa Francisco

diariodacidade

Silas Malafaia e o desserviço contra a saúde e contra o Brasil.

diariodacidade

VÍDEO: Cazuza, que faria 62 anos hoje, declarou “desprezo total” pela direita

diariodacidade

Brasil cerca del abismo: la curva de contagios se acelera y crece la mortalidad.

diariodacidade

Casal indiano nomeia filhos gêmeos de Corona e Covid.

diariodacidade

Professora do vídeo que pede “exército na rua” é empresária e militante bolsonarista.

diariodacidade

Weintraub agride a China e coloca em risco a economia nacional e as vidas de brasileiros.

diariodacidade

Ronaldinho Gaúcho cumpre um mês preso no Paraguai.

diariodacidade

VÍDEO: Dilma agradece a Deus pelo Brasil ter o único presidente do mundo que está certo sobre coronavírus.

diariodacidade

Cristovam Buarque culpa os que não votaram em Hitler pelo Nazismo.

diariodacidade

Pastor da igreja de Michelle Bolsonaro está internado com coronavírus.

diariodacidade

VÍDEO: Roger Waters toca sua canção “Ratos” em homenagem a Bolsonaro e Trump.

diariodacidade

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: