Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Pesquisador da Epagri de Caçador desenvolve nova variedade de pera

A Estação Experimental da Epagri de Caçador se prepara para lançar oficialmente uma nova variedade de pera: a SCS421 Carolina, primeiro cultivar de pera japonesa desenvolvido no Brasil. O trabalho faz parte do programa de melhoramento genético da pereira, coordenado pelo pesquisador Ivan Dagoberto Faoro. Segundo Faoro, foram necessários 18 anos de pesquisa para obter o resultado esperado: uma fruta de qualidade, com maior resistência a doenças e boa adaptação ao clima da região Sul do Brasil.

“Começamos esse trabalho em 1998 quando a Epagri fez uma parceria com a Agência de Convênios Internacionais do Japão (Jica). Lá conhecemos as cultivares e trouxemos diversas informações para implementar esse tipo de pera no Brasil”, lembra o pesquisador.

De lá pra cá foram feitos vários estudos dentro do programa da Epagri de Caçador. Em 1998 foram realizados os cruzamentos, sendo pré selecionadas 172 plantas. Em 2003 ficaram seis plantas e a partir de 2011, em função da qualidade dos frutos, foi escolhida uma única planta, designada então como SCS421 Carolina.

“A Carolina caracteriza-se por ser uma fruta mais arredondada e amarelada com relação ao cultivar mais comum de pera japonesa. O sabor também é excelente, com a polpa suculenta e doce”, detalha o pesquisador.

pera

Com atrativos de sobra para conquistar o mercado, a expectativa é que a nova cultivar ajude a incentivar a produção de pera em Santa Catarina. Atualmente, são apenas 85 produtores, ou seja, 1,2% no mapa da fruticultura no Estado – número quase insignificante se comparado a banana (3.678 produtores), uva (3.197) e maçã (3016). Os dados são da Epagri.

“Hoje 95% da pera consumida aqui vem de outros países como Argentina, Estados Unidos e Portugal. Além disso, a lucratividade é alta. Na safra de 2012/2013 o quilo da pera comum rendia ao produtor R$ 1,90 o quilo, enquanto a japonesa chegava a R$ 5. Então é uma fruta com potencial de mercado”, afirma Faoro.

pera2

Com cerca de 100 frutos armazenados em uma câmara fria, a Epagri tem apresentado a pera Carolina em feiras e exposições. Também está sendo preparado um folder de divulgação do novo cultivar.

Por opção da própria Epagri, a Carolina não foi inscrita no registro nacional de cultivares e por isso sua multiplicação é livre, desde que seja respeitado o nome comercial. A expectativa é que a fruta entre no mercado em cinco anos, inclusive com potencial para exportação. Essa não é a primeira vez que a Epagri de Caçador lança um novo cultivar de fruta. Ano passado, foram lançadas três variedades de maçã.

Informações adicionais para a imprensa:
Murilo Rosso
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Caçador
E-mail: comunicacao@cdr.sdr.sc.gov.br
Fone: (49) 3561-5905/ (49) 9173-3024
Site: sdrs.sc.gov.br/sdrcacador

Posts Relacionados

Em Joinville, governador anuncia abertura de novos leitos de UTI e meta para dobrar cirurgias eletivas

Felipe Hansen recebe a Ordem do Mérito Industrial de Santa Catarina

Guaramirim comemora inauguração do trecho estadualizado da BR-280 e confirmação de novos investimentos

Formado em Medicina no exterior garante na justiça o direito de exercer a profissão no Brasil

IOS abre 50 vagas para curso gratuito de Programação para jovens em Joinville

Expedição Ondas Limpas na Estrada, chega a Florianópolis neste final de semana

No Sul do estado, revitalização da Rodovia Jorge Lacerda traz mais segurança a moradores e motoristas

Estado repassa R$ 40 milhões ao Hospital São Donato de Içara e autoriza obras do Plano 1000 no município

Contador Juarez Domingues Carneiro é o novo presidente da Jucesc

Programa gratuito de aceleração do crescimento de pequenos negócios segue até novembro