Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

PF tenta decodificar chip que pode dar pista sobre acidente de Campos

Um chip de celular danificado é a mais nova pista a ser analisada pela Polícia Federal no caso do acidente aéreo que matou sete pessoas, entre elas o então candidato a presidente Eduardo Campos (PSB-PE).

Segundo informado ao blog, a perícia da PF está tentando usar uma máquina para decodificar o chip – encontrado no local do acidente, em Santos – para tentar extrair quaisquer dados registrados, como imagens, que tragam alguma informação.

A investigação da Polícia Federal está aberta. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) da Força Aérea Brasileira (FAB) divulgou em janeiro deste ano o relatório final da investigação.

O órgão apontou quatro fatores que contribuíram para a queda do avião: a atitude dos pilotos, as condições meteorológicas adversas, a desorientação espacial e a indisciplina de voo.

Posts Relacionados

O que é a Síndrome da Cabana?

Dor de cabeça pode ter relação com a coluna, entenda

Fort Atacadista inaugura 58ª loja com investimento de R$ 120 milhões

Do topo ao fundo: 11 times que já estiveram em alta, mas estão sem divisão nacional em 2024

Embora e-commerce tenha perdido tráfego em dezembro, segmento turístico continua aquecido

Primeiro dia da 6ª Conferência Distrital de Cultura reúne agentes culturais para apresentação de demandas da classe

Revisão da vida toda: STF reinicia deliberações em uma nova etapa de análises

Capacitismo: atletas colegas de Vinicius Rodrigues explicam como evitar o preconceito que atinge pessoas com deficiência

Tecnologia na gestão escolar: quais as vantagens para a administração de instituições de ensino

O que é necessário para empreender em 2024?