Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Polêmica sobre banner de Anita gera manifestações

Depois de Laguna solicitar investigação sobre o banner considerado ofensivo com a caricatura de Anita Garibaldi, exposta durante a Festa Nacional do Pinhão, realizada em Lages, os envolvidos citados como patrocinadores expuseram suas versões sobre a polêmica. O fato se tornou público esta semana e causou indignação na população lagunense.

No banner há uma imagem de Anita atirando contra um boneco que leva o nome da Cidade Juliana. Contudo, o que causou repúdio em Laguna foi que, ainda na imagem, há um texto que visa a esclarecer o desenho, questionando onde Anita teria nascido, ou seja, se em Laguna ou Lages. Com patrocínio/apoio das entidades Família Arruda, Fundação Cultural de Lages, Angeloni e Pereira Publicidade Visual, o banner tem a seguinte frase: “Laguna é conhecida nacionalmente como terra de boiola. Logo, é impossível ter nascido lá! Alguém duvida?”.

Em nota, a Fundação Cultural de Lages declarou que a imagem faz parte de uma coletânea do autor, sendo sua concepção de responsabilidade deste. Fala também que a Fundação Cultural apoiou a exposição com parte dos recursos para a impressão de 30 charges do autor. “Como fazemos com diversos artistas em obras como livros, CDs, espetáculos de teatro, entre outros”, diz a nota.

Diz também a nota que, quanto ao mérito da charge, a Fundação Cultural a considera ofensiva e inapropriada, não representando os princípios ou sua opinião, e pede desculpas pelo mal-estar causado, bem como expõe que os laços históricos e afetivos que aproximam as duas cidades seriam maiores e mais profundos do que o incômodo causado pela charge colocada no banner.

Ainda também sobre o banner, o Angeloni diz que repudia qualquer manifestação que possua conteúdo discriminatório e que não patrocinou o autor do banner. A rede de supermercados destaca ainda que irá tomar as devidas providências cabíveis sobre o assunto. A Fundação Cultural de Laguna solicitou na terça-feira que o caso seja investigado. Na cidade, moradores se organizam para uma possível manifestação no sábado diante do ocorrido.

Posts Relacionados

Costao do Santinho Resort conquista selo de aprovação do Prêmio Melhores Destinos 2023/2024

Multimodal no Brasil: desafios e oportunidades estarão em debate no Logistique Summit 2024

Região Sul e cidades abaixo de 10ºC: Você sabe como preparar a sua casa?

Inscrições para o maior concurso da história da Educação de Santa Catarina iniciam nesta terça

Julho Amarelo: mês é destinado ao reforço de ações de vigilância e prevenção das hepatites virais

Chapecó recebe a 8ª edição da maior feira gratuita de móveis de SC

Tratamento de Águas, Qualidade do Ar e suas tendências relacionadas ao ESG para o setor AVACR será o tema abordado de evento em Santa Catarina

Cidades do Vale do Itajaí oferecem benefícios fiscais relacionados à construção civil

Anúncio da bandeira tarifária amarela reforça a importância da energia solar no Brasil

ExpoMAR terá programação especial voltada às mulheres dos setores da economia azul