Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Prevenção contra dengue deve ser constante em países tropicais e ganha importância na pandemia

Manter ambientes limpos e sem água parada é crucial para evitar casos da doença, que se multiplicam no país durante a crise de Covid-19

São Paulo, junho de 2021 – O Brasil vive uma epidemia dentro da pandemia. Além dos estragos causados pelo coronavírus, os brasileiros – sobretudo os que moram no litoral paulista – enfrentam uma epidemia de dengue. Nove cidades da região registraram mais de 5.720 casos neste ano, sendo que Guarujá e São Vicente chegaram a declarar estado epidêmico. Na capital paulista, a história se repete: a cidade já registrou 4.214 casos, o dobro do mesmo período no ano anterior.

Ano após ano, a proliferação do mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue, vem disseminando o vírus. De acordo com o Ministério da Saúde, em 2019 o país registrou 1,5 milhão de notificações de casos de dengue. Em 2020, o número caiu para 980 mil, mas pesquisadores acreditam que houve subnotificação. A tese destes cientistas de instituições como a Fiocruz é que muitas pessoas com quadros leves de dengue não foram aos hospitais para evitar exposição ao coronavírus.

Subnotificada ou não, a dengue é uma constante em países tropicais por causa das altas temperaturas e grande volume de chuva. Neste contexto, as ações preventivas são fundamentais para evitar a proliferação de criadouros do mosquito. “É preciso evitar água parada, em qualquer época do ano, e ficar atento àquele vasinho de planta que acabou de ser regado”, diz o especialista Fernando Bernardini, gerente de desenvolvimento de soluções da Bayer.

Bernardini ainda ressalta a necessidade de manter os ambientes protegidos e higienizados. “Manusear e descartar o lixo da forma correta vedando bem os sacos, manter garrafas de boca para baixo, furar e eliminar latinhas, tapar ralos são medidas importantes”, acrescenta. Também é essencial manter os jardins sem água parada e aparados, o que favorece a circulação de ar.

É preciso lembrar que quando o Aedes aegypti entra em casa, prefere ambientes baixos e sem exposição solar: atrás da porta, dos móveis, das cortinas e embaixo da mesa. Para combatê-lo, Bernardini dá algumas dicas: “Usar telas mosquiteiras nas janelas e portas, fechar a casa próximo do anoitecer, usar repelentes e aplicar inseticida nos locais que os mosquitos costumam se alojar são hábitos que podem ser valiosos para evitar a doença”, diz o executivo da Bayer.

Cenário catastrófico

No contexto de mudanças climáticas e aumento da temperatura média no mundo, cientistas acreditam que uma das consequências será a redistribuição geográfica de enfermidades transmitidas por mosquitos.

Isso significa que regiões antes inviáveis para a proliferação do Aedes aegypti devido às baixas temperaturas poderão ter clima e condições favoráveis por causa do aquecimento global. Embora hipotético, tal cenário acende o semáforo vermelho e torna as ações preventivas para a proliferação de criadouros cada dia mais indispensáveis.

125 anos da Bayer no Brasil

A Bayer celebra, em 2021, 125 anos de Brasil. Chegou ao País em 1896, abrindo a primeira fábrica no Rio de Janeiro; Hoje, está presente em mais de 30 cidades, com 6.500 profissionais espalhados de norte a sul. O Brasil é o maior mercado da Bayer na América Latina e local de grandes descobertas na medicina, de novas tecnologias para o campo e de inovações que melhoram a qualidade de vida do brasileiro e contribuem para o desenvolvimento do país.

O Grupo está atento aos novos desafios da humanidade, cada vez mais coletivos e que não podem ser solucionados por atores isolados. Por isso, tem investido cada vez mais em modelos de negócios baseados em colaboração, por meio de suas três divisões e do seu primeiro hub de inovação aberta da América Latina, com parcerias relevantes para os negócios.

E para construir os próximos 125 anos, mais que fortalecer sua voz, a Bayer quer ampliar sua escuta e entender cada vez melhor as expectativas da sociedade e as necessidades dos clientes: seja o agricultor, o médico, o paciente, o consumidor – e a sua gente, cada vez mais plural e diversa; quer estreitar laços, alinhar expectativas, promover o diálogo, aproximar sua comunicação e construir os próximos passos da empresa junto ao público. Porque Você e Bayer: é bom. Para saber mais, acesse www.bayer.com.br

Posts Relacionados

Concurso de Redação gratuito premia e prepara alunos das escolas públicas para melhorar desempenho no ENEM e em vestibulares

Diário da Cidade

Olimpíadas servem de inspiração para quem busca manter as atividades físicas em dia

Workflow viabiliza gestão de alta performance e inovação na operação da Advocacia

Caso de Mariana de £5 bilhões contra BHP é reaberto em decisão histórica nos tribunais ingleses

Diário da Cidade

Empresas oferecem descontos de até 20% para clientes imunizados contra a Covid-19

Centenário da descoberta da insulina é tema de selo comemorativo

Futebol: Como funciona a contabilidade dos clubes esportivos?

Com lançamento de campanha em rede nacional, Stella Artois inspira momentos de leveza com sua versão sem glúten

Na África do Sul, MSF apoia centros de saúde e comunidades vulneráveis após semana de violência

Preço da gasolina no Sul aumentou 1,14% no início de julho, aponta Ticket Log

Policy paper inédito sobre a relevância da triagem neonatal para atrofia muscular espinhal é lançado no Brasil

Benefícios das embalagens compostáveis para resíduos orgânicos

Com aumento de brasileiros que estão e cortando gastos, especialista explica o que não cortar para manter saúde física e mental em dia

Jovens precisam de incentivo para primeiro emprego

Salvador, Fortaleza e Campos do Jordão são destaques na busca por passagens rodoviárias em Julho

Agricultor de Mato Grosso do Sul mantém produtividade do milho mesmo com seca

Diário da Cidade

Empresa gaúcha de antecipação de créditos judiciais cresce com a pandemia

Diário da Cidade

Buser comemora 4 anos patrocinando gigantes de Minas Gerais

Diário da Cidade

Após um ano da aprovação telemedicina cresce no Brasil e atinge marca de mais de 7,5 milhões de teleconsultas

Diário da Cidade

Senado aprova PL prorrogando isenção de IPI para carros PCD