Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Esportes SC zz Esporte BR

Próxima edição da Volvo Ocean Race será com barcos da IMOCA

Próxima edição da Volvo Ocean Race será com barcos da IMOCA

Organização da Volta ao Mundo anuncia acordo com a International Monohull Open Class Association (IMOCA) para as regatas de 2021. Barcos têm 60 pés e são usados em provas de volta ao mundo e grandes travessias.

O barco que será usado na Volvo Ocean Race 2021-22 será o IMOCA 60. A organização da regata de Volta ao Mundo confirmou, nesta segunda-feira (2), um acordo com a International Monohull Open Class Association (IMOCA) para a próxima competição. Os representantes da classe e da Volvo Ocean Race se reuniram em Haia também com os velejadores, como os campeões olímpicos Torben Grael e Xabi Fernández e designers de barcos, como Guillaume Verdier e Juan Kouyoumdjian.

“Este é o primeiro passo na preparação da próxima edição da regata em 2021”, disse Johan Salen, co-presidente da regata. “Estamos no início de um processo cooperativo para colocar em prática os elementos de que precisamos para tornar a próxima edição um sucesso tanto na área esportiva quanto comercial. Esta é uma questão complexa com muitas perspectivas, e estamos recebendo com grande respeito a contribuição contínua de todas as partes interessadas, desde a World Sailing (Federação Internacional de Vela) até os velejadores, equipes e patrocinadores. Temos certeza de que este é o caminho certo”.

Torben Grael avaliou a mudança para IMOCA 60. “É claro que há alguns obstáculos ainda pela frente, mas se conseguirmos unir os dois mundos, será positivo. Essa mudança pode abrir a regata para muitos novos velejadores e cria um calendário muito maior de eventos para as equipes que competem na regra aberta dos 60 pés”.

A parceria significa que os principais projetistas de vela offshore estarão engajados na próxima edição com o objetivo de produzir o melhor monocasco.

“A vela é um esporte que não é apenas sobre a tripulação, mas também sobre o equipamento, então combinar os dois elementos é o que permite que você diga que está no auge do offshore”, disse Juan Kouyoumdjian, que projetou três barcos vencedores da Volvo Ocean Race no passado, inclusive o Ericsson 4 de Torben Grael em 2008-09.

A parceria com a infra-estrutura existente da IMOCA permite que o calendário de vela profissional se torne mais unificado e eficiente, o que ajuda o esporte como um todo e ajuda a construir um modelo de negócio sustentável para equipes e atletas. A mudança para os barcos IMOCA garantirá que a regata continue na vanguarda do design e da tecnologia.

A edição atual da Volvo Ocean Race terminou neste fim de semana em Haia (Holanda). Três equipes começaram a última perna com a oportunidade de conquistar o título no geral. Com menos de 10 milhas para o final de 45.000 milhas, o resultado ainda estava para ser decidido, até que Dongfeng Race Team, de Charles Caudrelier, levou a melhor.

“Essa mudança é muito empolgante, o IMOCA 60 é um incrível barco, eu gosto de velejar nesses barcos e acho que quando as pessoas os virem, elas vão adorar”, disse o francês Charles Caudrelier. “As duas melhores provas oceânicas do mundo vão se juntar”.

Xabi Fernández, do MAPFRE, está animado com a mudança. “Muitos queriam voltar à inovação e ao design, é muito interessante para nós, conheço bem a classe IMOCA, velejei pelo mundo em um deles, mas este é o começo de um longo processo. Para os fãs, que são cada vez maiores, será muito emocionante”.

Os IMOCA são usados em grandes regatas como Vandée Globe e Transat Jacques Vabre, por exemplo. A regra relacionada ao número de tripulantes a bordo da classe IMOCA na próxima edição está entre os elementos que serão avaliados, com o objetivo de manter a figura do OBR (On Board Repórter).

Posts Relacionados

Camboriú empata com Fluminense e leva o título do turno da Segundona de SC

Cambura vence o Juventus e volta para a liderança do Catarinense Série B

Minibasquete e atletismo nessa sexta-feira no JEBEQUINHO

Comemoração dos 40 anos de ginástica na praia foi nessa quinta-feira

Balneário Camboriú sedia Liga SC de Handebol Feminino nesse sábado

Atletas representam Balneário Camboriú na Liga Catarinense de Voleibol nesse domingo

Copa Yokohama de Karatê terá 15 atletas de Balneário Camboriú

Do coração do Brasil para o 10º Transcatarina

Bota do Mundo 2018

Balneário Camboriú disputa handebol pelos Jogos Abertos da Terceira Idade

Garten reúne atletas amadores em campeonato de crossfit

Pódio para Balneário Camboriú no vôlei de praia nesse fim de semana

Estadual sub-17 de Basquete acontece nessa semana em Balneário Camboriú

Fraiburgo e Transcatarina: a comemoração da Bodas de Estanho

Tiago Real aposta em histórico positivo diante do Figueirense para Ponte Preta se aproximar do G-4 da Série B

Pâmella Mel completa 40 pódios

Guarda Municipal terá treinamento com atleta especialista em segurança

Circuito Catarinense de Stand-up Paddle é neste final de semana

Vitória para o futsal sub-15 e basquete sub-13 a nível estadual

Fase de modalidades coletivas do JESC 15-17 inicia nesta terça-feira (26)

Diário da Cidade

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: