Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Rio tem ventos fortes e ressaca com chegada de frente fria

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), rajadas de vento muito fortes foram registrados no Forte de Copacabana, Zona Sul do Rio, na manhã dessa quinta-feira (28). Por volta das 6h, ventos de 83,5 km/h foram registrados no local. Mais cedo, por volta das 5h, os ventos chegavam a 78,5km/h.

Impressionados com o mar agitado, muitas pessoas tentavam tirar selfies ou filmavam a água. Funcionários do Corpo De Bombeiros isolavam, por volta das 8h20, alguns acessos da praia por “motivo de segurança”.

“Estamos isolando a área para mostrar para a população que esta é uma área de risco. Como as ondas estão batendo, pedimos para que as pessoas evitem transitar nesses locais. Até pedimos para a Rioluz cortar o fornecimento de energia elétrica destes postes na orla para evitar qualquer outro acidente. As pessoas devem tirar fotos apenas atrás das faixas que estamos colocando”, alertou um dos bombeiros que cercavam a área.

Pedestre tira selfie em dia de ressaca na orla do Rio (Foto: Matheus Rodrigues/G1)
Pedestre tira selfie em dia de ressaca na orla do Rio (Foto: Matheus Rodrigues/G1)

 

Bombeiros isolam área com ressaca no Arpoador (Foto: Matheus Rodrigues/G1)
Bombeiros isolam área com ressaca no Arpoador (Foto: Matheus Rodrigues/G1)

Na Praia de Piratininga, em Niterói, Região Metropolitana do Rio, as fortes ondas também chegaram a destruir parte do calçadão.

Nesta quinta-feira, o tempo deve permanecer instável, devido à atuação de uma frente fria sobre todo o Estado do Rio de Janeiro. Segundo o Alerta Rio, a previsão é de predomínio de céu encoberto, com chuva fraca isolada ao longo do dia. As temperaturas estarão em declínio, sendo 25°C a máxima prevista e 17°C a mínima. Na madrugada desta quinta, a cidade registrou a madrugada mais fria do ano, com 17,9ºC.

Na quarta-feira (27), o vento forte derrubou uma árvore na Avenida Niemeyer. No momento da queda, a pista chegou a ficar completamente interditada. Até as 3h desta quinta-feira, uma faixa da via continuava fechada por causa do risco da terra ceder e o barranco cair. A árvore atingiu a ciclovia e quebrou a grade. Ninguém ficou ferido.

Praia de Piratininga atingida pela ressaca (Foto: Lenilson Paiva / Arquivo Pessoal)
Praia de Piratininga atingida pela ressaca (Foto: Ledilson Paiva / Arquivo Pessoal)
Ressaca também atingiu a Praia de Piratininga, em Niterói, Região Metropolitana do Rio (Foto: Olga Oberlaender / Arquivo Pessoal)
Ressaca também atingiu a Praia de Piratininga, em Niterói, Região Metropolitana do Rio (Foto: Olga Oberlaender / Arquivo Pessoal)
Surfistas encararam o mar agitado na Praia do Leblon, Zona Sul do Rio (Foto: Matheus Rodrigues / G1)

Posts Relacionados

Brasil vai na contramão com o contínuo aumento no valor dos combustíveis

Dores de Inverno: Professora de fisioterapia da UniSul explica como tratar os desconfortos musculares típicos da estação

Pesquisa revela que mais de 50% das modelos de OnlyFans trabalham sem a família e amigos saberem

Cardiopatia congênita afeta 30 mil crianças por ano no Brasil

Miami se torna sede da Copa do Mundo de 2026

Barcelona FC e ACNUR iniciam parceria com a nova camisa de futebol em apoio às crianças refugiadas

Presidente do UFC define data de retorno da Charles Do Bronx ao octógono

Maioria da população do Sul sente que inflação subiu muito, afetando principalmente consumo de alimentos, revela RADAR FEBRABAN

Dupla sertaneja Maiara e Maraisa é proibida de usar a marca “As Patroas”

Diário da Cidade

Mulheres caem em golpes financeiros mascarados de romance