Ronda revela que não superou derrota para Holly Holm: “Ainda estou de luto”

159

Única lutadora na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo, feita pela revista “Time”, Ronda Rousey revelou à publicação que ainda está se recuperando da derrota sofrida para Holly Holm, no UFC 193, em novembro passado.

– Eu ainda estou de luto pela pessoa que poderia ter vencido tudo, mas eu tenho que viver de acordo com o fato de que eu não sou ela. Essa pessoa é apenas quem eu gostaria de ser e, em vez disso, eu sou quem eu preciso ser para mim mesma e para todo mundo. Você precisa passar por todos esses estágios de aceitação para renovar seu otimismo. Você precisa explicar essa inocência de quando entrou numa arena pela primeira vez e viu todas as luzes e pensou: “Um dia será eu. É o meu nome que estará lá no topo”. É isso que eu preciso encontrar novamente – declarou a ex-campeã dos galos do Ultimate, com os olhos marejados.

Ronda não pisa no octógono desde a derrota por nocaute para Holm e deve voltar a lutar apenas no final do ano, em combate que valerá o cinturão da divisão, hoje em poder de Miesha Tate. Miesha, no entanto, tem a sua primeira defesa de título marcada para o UFC 200, em 9 de julho, contra Amanda Nunes. Ronda, por sua vez, se dedica à carreira de atriz e sua presença é aguardada no retorno do Ultimate a Nova York, marcado para novembro.