Saiba como controlar a ansiedade quando estiver passando por um tratamento de saúde

57

Saiba como controlar a ansiedade quando estiver passando por um tratamento de saúde

Psicóloga do Hospital Marieta dá três dicas importantes que vão te ajudar a passar por esse processo.

A ansiedade está cada vez mais comum. A rotina agitada é um dos gatilhos para a inquietação, impaciência e agonia, e que pode causar ainda outros transtornos psicológicos. Quando se passa por problemas de saúde, essa angústia fica bem aparente e frequente, mas é preciso cuidar para que a ansiedade não prejudique o tratamento.

De acordo com a Cristiane Moreira de Moraes, psicóloga do Hospital Marieta Konder Bornhausen, quando nos deparamos com uma situação onde a hospitalização seja inesperada, ou mesmo planejada, a ansiedade pode tomar conta. “É uma situação que foge do nosso controle, você não sabe realmente o que pode acontecer, e então passa a ter sentimentos de medo e insegurança. ” Comenta Cristiane.

Pensando em auxiliar as pessoas que estão com a saúde debilitada e ainda estão sofrendo com a ansiedade, a psicóloga separou três dicas importantes tanto para quem está passando por esse período, quanto para os familiares que estão juntos nesse processo.

1- Fale sobre seus temores

É importante conversar com seus familiares e amigos, conte o que está sentindo, como está enfrentando a situação e converse também com a equipe de saúde, eles são os profissionais que podem te ajudar.

 

2- Pergunte

Interrogue os profissionais envolvidos em seu tratamento a respeito do diagnóstico e prognóstico. Pesquise sobre a patologia diagnosticada, tendo cuidado de buscar em fontes seguras, e esteja o mais informado possível sobre sua situação.

 

3 – Apoio

Familiares e amigos devem estar por perto, oferecendo apoio. Além disso, em caso de diagnósticos difíceis, existe a possibilidade de buscar grupos de ajuda específicos, inclusive virtuais.

           O acompanhamento profissional adequado e constante é importante também em todo o tratamento. Procure sempre ajuda e envolva pessoas próximas para enfrentar a situação de forma mais confiante e segura.