Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Santa Catarina mantém menor taxa de desemprego do Brasil no primeiro trimestre de 2020

Foto: Renan Medeiros / Arquivo / Secom

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou na manhã desta sexta-feira, 15, que Santa Catarina manteve a menor taxa de desocupação do Brasil no primeiro trimestre de 2020. Até o fim de março, o índice no estado era de 5,7%, enquanto a média nacional ficou em 12,2%. Os números fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) e englobam apenas as primeiras semanas da pandemia de Covid-19 no país.

Na avaliação do governador Carlos Moisés, embora Santa Catarina tenha sido atingida economicamente pela chegada do novo coronavírus, a divulgação dos dados do IBGE mostra que o estado possui uma posição sólida dentro do país e que terá uma recuperação mais rápida assim que a emergência na área da saúde for controlada.

“Estamos alertas ao problema econômico gerado pela pandemia. O Governo do Estado está adotando medidas, como a ampliação do programa Juro Zero, para tentar minimizar os impactos instantâneos e estimular uma retomada. Os números do IBGE mostram que temos uma condição diferenciada dos demais estados e isso é fundamental para a economia voltar a girar e que nos recuperemos o mais rapidamente possível”, afirma o governador.

A pesquisa demonstra ainda Santa Catarina possui a maior taxa de formalização da economia, uma vez que 88% dos trabalhadores do setor privado possuem carteira de trabalho assinada, contra uma média nacional de 75%. Em relação ao percentual de pessoas que trabalham por conta própria, a média catarinense é a menor do país, 22,9%, enquanto a taxa nacional é de 26,2%.

Ainda segundo o IBGE, quando se leva em conta o percentual global de informalidade, a taxa de Santa Catarina fica em 26,6%, também a menor do país, contra uma média nacional de 39,9%.

Para o secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, a recuperação econômica de Santa Catarina será mais rápida do que nos demais estados, uma vez que há mão de obra qualificada, um bom nível de renda e de escolaridade.

“Nosso estado vai se reerguer com a força do trabalho de todos. Vivemos um momento complicado, em que as ações de saúde devem ser priorizadas, mas a nossa recuperação será vigorosa. Temos todas as condições para isso, com uma economia diversificada e de base sólida”, diz Paulo Eli.

O secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, destaca que o resultado representa representa a soma dos esforços do Governo e a força empreendedora catarinense. “O empreendedor se esmera na busca de soluções que mitiguem rapidamente os efeitos da pandemia e da quarentena imposta para a preservação de vidas seguindo assim para uma retomada mais acelerada da economia”, destaca.

Posts Relacionados

Governo encaminha para Alesc projeto que reestrutura o Fundo de Habitação Popular

IGP abre processo seletivo para 21 vagas de auxiliar de Medicina Legal em Santa Catarina

Estudo preliminar indica que vacina tríplice viral diminui pela metade o risco de ter Covid-19 sintomática

Justiça condena mais um réu envolvido na fraude das cisternas no Oeste de SC

Visitadores do Programa Criança Feliz serão capacitados para identificar violência contra crianças

Vereador pede que Estado antecipe vacinação dos profissionais da Educação

Círculo S/A comemora 83 anos de fundação

Costa Esmeralda recebeu de forma positiva a campanha “Você está de férias, mas o coronavírus não!”

MPF, Polícia Federal, Receita Federal e MP de Contas/SC deflagram 2ª fase da Operação Alcatraz

MPF pede avaliação laboratorial dos glicosímetros vendidos no Brasil

Perda auditiva prejudica o cérebro e pode causar demência

Aurora desembolsa mais de R$ 100 mi para proteger trabalhadores do coronavírus

Verão gera alerta para combate à dengue e pragas, como ratos, baratas e cupins

Anjo Tintas investe R$ 50 milhões em obras de expansão em Santa Catarina

Ano letivo de 2021 traz desafios para professores e alunos

Projeto social de Santa Catarina recebe apoio da Fundação Cargill

UsuCampeão já ajudou mais de 50 mil famílias brasileiras a regularizarem seus imóveis

ONG Bairro da Juventude forma rede de apoio em Criciúma durante a pandemia

Campanha “Você está de férias, mas o Coronavírus não!” busca sensibilizar visitantes da Costa Verde & Mar (SC)

De Vw Voyage a imóveis no litoral: veja os bens dos candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú.

Diário da Cidade

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: