Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Itajai Navegantes

Semasa inicia implantação de mais 41 quilômetros de redes de tratamento de esgoto

O Semasa iniciou, nesta terça-feira (8), mais uma etapa de implantação da rede coletora de esgoto, que prevê o investimento total de R$ 11,5 milhões em 41 quilômetros de extensão. Os trabalhos estão concentrados nas proximidades do Parque Ecológico Alessandro Weiss, no bairro São João, nas ruas Fridolin Erthal Júnior e Fábio Cesário Pereira. Ao final de cada semana, será divulgada a programação de atividades para o período seguinte.

Além da atual equipe, outras duas vão trabalhar no bairro São João em paralelo. O contrato abrange ainda ruas dos bairros Nossa Senhora das Graças, Dom Bosco, São Judas e Vila Operária, no âmbito do Programa Saneamento para Todos.

Já no Cidade Nova, 98% das redes coletoras estão implantadas, o que inclui a recolocação do asfalto. Na região, foram 1.121 ligações executadas em imóveis. A empresa responsável deverá ainda concluir a estação elevatória da bacia, que está em cerca de um terço do total, e o revestimento final da rua Otto Hoier, previsto para o próximo mês.

Nas frentes de trabalho na Murta, as atividades desta semana estão concentradas nas ruas Eurípedes Amorim Leal e Luís José Medeiros, avançando em breve para a Vereador Telêmaco de Oliveira. A previsão de conclusão é em agosto deste ano.

Conforme o diretor geral do Semasa, Rafael Luiz Pinto, o novo contrato de esgotamento sanitário soma ao maior volume de obras e ações em saneamento da história de Itajaí. Ao todo, mais de 100 quilômetros de redes coletoras de esgoto estão sendo instaladas. Neste ano, Itajaí alcançará 58% do território urbano com rede, equivalente à ampliação de 123% além da cobertura atual. Para receber os efluentes dos bairros Cordeiros, Cordeiros/Murta, São Vicente e Cidade Nova, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) está sendo ampliada com um novo módulo. Além disso, o Semasa vai construir três novos tanques, tendo sua capacidade ampliada de 130 litros por segundo para 630 litros por segundo. “O investimento feito em tratamento de esgoto reflete em qualidade de vida e saúde. Entendemos que obras como essa geram transtornos, alteram a rotina de moradores de maneira temporária, porém os benefícios para a cidade serão permanentes. Este será um ano em que veremos muitas obras acontecerem em saneamento aqui em Itajaí. O município está crescendo e o Semasa acompanha esse desenvolvimento”, observa o diretor.

Posts Relacionados

Câmara retoma sessões legislativas no plenário com a presença de público

Autoridades municipais doam sangue no Dia Mundial do Doador de Sangue

Supermercado Comper, de Itajaí, homenageia a cidade no seu aniversário com ações comemorativas

Semasa realiza desassoreamento do Ribeirão Mineral

Empresa de Itajaí se reinventa na pandemia e quadriplica número de produção ao participar de programa do Sebrae/SC

Servidores públicos de Itajaí realizam ato em frente aos locais de trabalho

População de Penha exerce solidariedade em drive-thru da Campanha do Agasalho

Comissão Especial do Covid-19 apresenta relatório sobre suposto fura-fila na vacinação

Prefeitura e Águas de Penha pedem suspensão dos processos que movem na justiça

Site da Câmara de Vereadores cria espaço para participação popular

Van Social do Semasa atende no Loteamento São Francisco neste sábado

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO ITAJAÍ CORONAVÍRUS 449

diariodacidade

MP denúncia pastor, amante e genro pelo assassinato de Mariane

diariodacidade

Apoie a campanha solidária “Livros que Alimentam”

Lideranças comunitárias destacam importância do Afluentes Digital desenvolvido pela Águas de Penha

Câmara delibera três Projetos de Lei, 11 requerimentos e 11 indicações

Câmara aprova Projeto de Lei que cria o “Dia do Desbravador”

Câmara delibera pela aprovação de dez indicações e sete requerimentos

Escolas do Centro e Hugo de Almeida recebem vistoria da Comissão de Educação

Projeto para implantação da rede de esgoto em Penha prevê investimentos de R$ 100 milhões