Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Senado aprova PL prorrogando isenção de IPI para carros PCD

Proposta, que vai agora para análise na Câmara dos Deputados, é que a medida continue vigente até 2026; entenda o que muda

 

Pessoas com deficiência e motoristas que fazem o transporte autônomo de passageiros acabam de receber uma boa notícia vinda do Senado. O benefício que os isenta de pagar o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para a compra de veículos deve ser prorrogado até o fim de 2026.

 

A prorrogação foi aprovada no Senado no último dia 27 de junho e deve seguir para apreciação na Câmara dos Deputados, ainda sem data definida. A pauta gerou intenso debate entre os senadores, especialmente sobre o valor do automóvel que recebe o benefício e quem é que tem direito a ele.

 

Pela lei atual, só carros de até R$70 mil tem isenção. Vários senadores defenderam um aumento nesse valor, para que qualquer categoria de veículo, como carros usados ou carros novos da Karvi ou de outros marketplaces, também possa ser contemplada pelo benefício. A discussão foi tão longa que a votação acabou tendo que ser adiada para o dia seguinte à leitura do parecer.

 

O senador Romário (PL-RJ), relator do projeto, se mostrou favorável ao reajuste de valor, mas esse ponto acabou não entrando no texto aprovado pelo Senado. As emendas sobre o assunto foram rejeitadas por ele e ficaram para outra ocasião.

 

“Estou convencido da relevância do debate em relação à definição do valor do automóvel com direito ao benefício fiscal, mas essa questão deve ser conduzida na MP 1.034, de 2021”, afirmou Romário. O projeto que passou é o  Projeto de Lei n° 5149, de 2020, de autoria da senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP).

 

Romário rejeitou ainda outras emendas, como a que visava diminuir o tempo estipulado para a troca do veículo ou a que estabelecia um tempo mínimo de cadastro na plataforma para que a pessoa tivesse direito à isenção do IPI. Para o senador, tais propostas pedem estudos mais detalhados, inclusive sobre custos.

Entenda o que pode mudar

O prazo de vigência da Lei 8.989/1995 terminaria no final de 2021. O substitutivo aprovado não só estende o prazo para 2026 como também acrescenta algumas outras providências.

 

Pela lei atual, os acessórios opcionais do carro não são isentos de IPI. Uma das novidades do novo projeto é ampliar essa isenção também para esses itens, que podem servir para as adaptações dos veículos, necessárias no caso de algumas deficiências.

 

O novo PL que passou no Senado também estende a isenção a quem tem deficiência auditiva, categoria que não era contemplada na lei atual. A regra de hoje isenta apenas taxistas, pessoas com deficiência física, visual, mental severa ou profunda e autistas — ou seus representantes legais.

 

O texto aprovado pelo Senado também determina critérios mais objetivos para determinar quais são as pessoas com deficiência que têm direito ao benefício. A lei vigente tem parâmetros apenas para a deficiência visual, deixando as outras a cargo da Secretaria Especial dos Direitos Humanos e do Ministério da Saúde.

 

No novo PL, é considerada pessoa com deficiência “aquela com impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial que, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas”.

 

O parecer de uma equipe multidisciplinar deve passar a ser uma exigência para a concessão da isenção. No entanto, essa medida não é imediata, pois está sujeita ao que diz o Estatuto da Pessoa com Deficiência, de 2015, que ainda não foi regulamentado. Até lá, o parecer não será obrigatório.

 

Segundo informações da Agência Senado, também foi acatada a proposta do senador Flávio Arns (PODE-PR) que muda o termo “pessoas portadoras de deficiência” para “pessoas com deficiência”, que está de acordo com a Lei Brasileira de Inclusão, de 2015.

Posts Relacionados

Procura por emprego cresce 52% no primeiro semestre de 2021

TotalEnergies lança fase 4 de desenvolvimento do Campo gigante de Mero

Entenda o NIF de Portugal para poder imigrar para o país

Concurso de Redação gratuito premia e prepara alunos das escolas públicas para melhorar desempenho no ENEM e em vestibulares

Diário da Cidade

Olimpíadas servem de inspiração para quem busca manter as atividades físicas em dia

Workflow viabiliza gestão de alta performance e inovação na operação da Advocacia

Caso de Mariana de £5 bilhões contra BHP é reaberto em decisão histórica nos tribunais ingleses

Diário da Cidade

Empresas oferecem descontos de até 20% para clientes imunizados contra a Covid-19

Centenário da descoberta da insulina é tema de selo comemorativo

Futebol: Como funciona a contabilidade dos clubes esportivos?

Com lançamento de campanha em rede nacional, Stella Artois inspira momentos de leveza com sua versão sem glúten

Na África do Sul, MSF apoia centros de saúde e comunidades vulneráveis após semana de violência

Preço da gasolina no Sul aumentou 1,14% no início de julho, aponta Ticket Log

Policy paper inédito sobre a relevância da triagem neonatal para atrofia muscular espinhal é lançado no Brasil

Benefícios das embalagens compostáveis para resíduos orgânicos

Com aumento de brasileiros que estão e cortando gastos, especialista explica o que não cortar para manter saúde física e mental em dia

Jovens precisam de incentivo para primeiro emprego

Salvador, Fortaleza e Campos do Jordão são destaques na busca por passagens rodoviárias em Julho

Agricultor de Mato Grosso do Sul mantém produtividade do milho mesmo com seca

Diário da Cidade

Empresa gaúcha de antecipação de créditos judiciais cresce com a pandemia

Diário da Cidade