Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
z.Destaques zEntretenimentos Brasil / Mundo

Sertanejos fazem sucesso em igrejas evangélicas

A igreja se tornou pequena para o talento dos músicos André e Felipe. Filhos de um pastor da Assembleia de Deus, os jovens nem imaginavam que uma brincadeira poderia dar tão certo. Hoje eles  assumiram o pioneirismo na música gospel sertaneja. “Meu pai sempre disse que eu e meu irmão formaríamos uma bela dupla”, conta André, na equipe de louvor do ministério desde cedo.

Com o passar do tempo, o  que  era um sonho do pai se tornou realidade na vida dos filhos. “Começamos tocando músicas tradicionais, mas sempre gostamos do sertanejo raiz. Então, resolvemos criar a nossa dupla cantando músicas de louvor. Divulgamos vídeos na internet e tudo começou a dar certo”, diz ele, ao comemorar o número de visualizações no YouTube: “São quase 3 milhões! Ganhamos disco de platina e fizemos turnê no exterior”, celebra. “O sertanejo, gospel ou não , está no DNA do brasileiro”, fala.

O preconceito, inclusive dos fiéis da própria igreja,  foi o obstáculo mais difícil até aqui na breve carreira dos jovens. “Muita gente acha que por sermos evangélicos não devemos cantar outros ritmos. Isso não tem nada a ver. A palavra ‘gospel’ só quer dizer que fala de Deus, mas pode entrar em todos os estilos”, justifica o cantor.

Para transpor essa barreira,  “Nós escrevemos as letras, sempre positivas e para as famílias. Nosso objetivo é levar música de qualidade”, diz André.

No entanto, para sobreviver no mercado gospel, uma coisa foi essencial: “A coragem! Nós fazemos a nossa música e é claro que não vamos agradar a todos. É por isso que existem vários estilos. Se formos dar ouvido às críticas, vamos desistir do que gostamos”, releva.

Além de conquistar também o público de fora das igrejas, André e Felipe se surpreenderam com a receptividade das crianças. E ensinam que mesmo por estarem dentro do segmento gospel, o que pretendem mesmo é fazer música de qualidade e tocar nos mais variados palcos, sem se importar com a religião. “Já tocamos várias vezes na Canção Nova (comunidade católica). Precisamos respeitar e valorizar a música como arte. Nos Estados Unidos, não fazem mais essa distinção entre igrejas. Temos de parar com esse preconceito”, garante André.

Posts Relacionados

Fernanda Lacerda vai até o chão em novo vídeo clipe de MC Fabinho

Em julho o projeto Cia Mútua 25 anos oferece duas oficinas

Kiev Ballet apresenta “Dom Quixote” e “Paquita” em Curitiba

Bota do Mundo 2018

VEM AÍ A QUARTA EDIÇÃO DO BEATNESS

Na’amat Pioneiras de Porto Alegre realiza bazar anual beneficente

Paulo Miklos faz pocket show gratuito em Curitiba

Rafa Brites realiza workshop em prol da ONG Projeto Camaleão: Autoestima Contra o Câncer na capital gaúcha

Atriz internacional de cinema Cris Lopes visita São Miguel Arcanjo no Brasil

Inverno exige cuidados extras com as doenças respiratórias nos pets

Naomi Abe volta à CASACOR SP

RAPPER CABES APRESENTA NOVIDADES

Gretchen participa de show com Denorex 80 na Live Curitiba

Circadélica 2018, festival de música que acontece nos dias 28 e 29 de julho

Xadrez com estilo: estampa para unir festa junina e rotina fashion

Daniel apresenta em Porto Alegre show com releituras de toda a carreira

Emmerson Nogueira apresenta novo show na capital gaúcha

ViniBraExpo 2018 O Grande Festival do Vinho Brasileiro

Atriz Cris Lopes “a la francesa” em jantar com diretores de cine na Argentina

LAILA GARIN E A RODA

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: