Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
zz Esporte BR

SKATEISTAN: LIVRO SOBRE MENINAS SKATISTAS EM KABUL É JOIA DA FOTOGRAFIA CONTEMPORÂNEA

Em uma viagem no ano passado, perdida entre tantos livros bonitos (e caros) na Tate Modern, um específico me chamou a atenção após eu ter pego e devolvido vários para as estantes: “Skate Girls of Kabul”, da britânica Jessica Fulford-Dobson, com uma foto impactante de uma menina de sete anos, com seu hijab azul cobalto, sandalinha e segurando, com intimidade, um skate na mão. Essa imagem ganhou um prêmio na National Portrait Galley, de Londres.

Foi a primeira vez que ouvi falar do Skateistan, ONG fundada em 2007 em Kabul (capital do Afeganistão) pelo skatista australiano Oliver Percovich como um projeto educacional que empodera crianças e adolescentes, cria novas oportunidades e potencial para mudanças. Hoje, a iniciativa também está presente no Cambodia, Mazar-e-Sharif (cidade do Afeganistão) e na África do Sul, ensinando 1.200 crianças por semana através de seus programas. Para esse grupo, skate faz parte não apenas de uma rotina de lazer, mas também de educação. “Você cai e fica em pé de novo. E isso é algo que todos nós devemos aprender”, diz a fotógrafa.

O livro de Jessica deu uma grande visibilidade ao projeto, que ela conheceu por acaso ao ler uma pequena nota em um jornal. Pouco tempo depois, ela estava em Kabul tentando estabelecer uma ligação de confiança com as meninas e com o próprio Oliver, que afasta pessoas que tenham uma atitude mais invasiva. Exceto ele, apenas afegãos trabalham na Ong em Kabul.

Foto que ganhou prêmio na National Portrait Gallery de Londres ©Reprodução

FOTO QUE GANHOU PRÊMIO NA NATIONAL PORTRAIT GALLERY DE LONDRES ©REPRODUÇÃO

Com prefácio do lendário Tony Hawk (que também me inspirou quando era adolescente e quem conheci em uma visita ao Brasil ; ) ), o livro foi eleito um dos 10 melhores de fotografia em 2015 e por uma razão que fica clara logo nas primeiras páginas: a gente só ouve horrores sobre o Afeganistão e, de repente, nos deparamos com imagens de meninas “voando” no skate, rindo em seu breve encontro com a liberdade, com seus hijabs coloridos e estampados. Nos pés, tênis ou sandálias.

São registros de uma infância roubada, de coletividade, de força feminina, persistência e coragem – histórias tão parecidas com as de milhões de crianças brasileiras – que Jessica consegue retratar com intimidade e distância ao mesmo tempo. O resultado é um livro de fotografia contemporânea pura, e que traz outra dimensão para a cultura do skate. Imagine então para os jovens de Kabul.

O livro mistura fotos das crianças na escola, na rua e no skate park que foi doado pelo Comitê Olímpico Nacional do Afeganistão. Segundo a ONG, mais de 50% dos estudantes de Kabul trabalham na rua. O tempo com o skate é um oasis em suas vidas. Como diz Noam Chomsky no documentário “Requiem for the American Dream”,
“o que importa são os incontáveis pequenos atos de pessoas desconhecidas, que fundam as bases para os eventos significativos que se tornam história. Foram elas que agiram no passado. São elas que terão que agir no futuro”. O livro não é barato (37 libras = R$ 188), mas cada imagem vale um sorriso.

Skate girls of Kabul pode ser comprado na Amazon com entrega na Europa ou encomendado através da editora Morland Tate Publishing através do email: info@morlandtate.com

Posts Relacionados

Do coração do Brasil para o 10º Transcatarina

Bota do Mundo 2018

Próxima edição da Volvo Ocean Race será com barcos da IMOCA

Fraiburgo e Transcatarina: a comemoração da Bodas de Estanho

Pâmella Mel completa 40 pódios

Circuito Catarinense de Stand-up Paddle é neste final de semana

Brasileiro sub-21 de vôlei de praia tem atleta de Balneário Camboriú

Saiba como o Dongfeng Race Team ganhou Volvo Ocean Race mais apertada da história

Estreia no 10º Transcatarina: de navegador para piloto

Paraná recebe as promessas olímpicas da Natação no Brasileiro Junior

Atleta de Balneário Camboriú é convocado pela Seleção Brasileira sub-19

31º BRAZILIAN DE JET SPORTS CHAMPIONSHIP

Catarinense Mateo Reyes vence seletiva mundial em Paris e disputa o torneio de Roland Garros

42k de Floripa – 1ª Maratona Internacional da Cidade de Florianópolis

Paulina Pereira da Silva, conquistou duas medalhas de ouro e uma de prata nos Jogos Paralímpicos Universitários

Atleta de Itajaí é Campeã do Sul-Brasileiro de Fisiculturismo

CASA CORONA CHEGA AO BRASIL

MAPFRE ultrapassa dois barcos nos metros final e vence oitava etapa

ORIC Surfboards desembarca em Saquarema para a 4ª etapa do WSL

Jogador do Avaí com mais finalizações certas na Série B

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: