Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
zEsporte zz Esporte BR

Superado por ex-top do WCT, Bino Lopes é vice-campeão do QS3000 da Martinica

Faltou pouco para o baiano Bino Lopes conquistar o título do Martinique Surf Pro, etapa do World Qualifying Series, com status 3000, encerrado nesta sexta-feira, em Basse Pointe, na Martinica. Na final do evento, o campeão brasileiro de 2015 acabou superado pelo neozelandês Ricardo Christie, que tenta retornar ao grupo da elite do surfe mundial.

O último dia do Martinique Surf Pro começou com a disputa das semifinais. Bino Lopes venceu Noe Mar Mcgonagle, da Costa Rica, na primeira bateria do dia, enquanto Ricardo Christie fez um duelo equilibrado com o australiano Soli Bailey, mas ficou com a segunda vaga.

Na final do evento, o brasileiro começou melhor, abrindo a bateria com uma nota 8.50. Surfando com muita fluidez, Ricardo Christie conseguiu virar o resultado com duas ondas na sequência – 8.83 e 7.83 – e deixou Bino precisando de uma nota acima de 8 para virar faltando 15 minutos para o término.

Ricardo Christie voltou a vencer um evento do WQS. Foto Poullenot/Aquashot

O baiano bem que tentou algumas vezes, mas as ondas escolhidas não ofereceram potencial para realização de duas manobras fortes, que seria suficientes para arrancar a nota dos juízes. Com a vitória, Ricardo Christie somou 3 mil pontos no World Qualifying Series e deve figurar entre os top 10, saltando 90 posições no ranking, e retirando o brasileiro Alejo Muniz do G-10, o grupo de surfistas classificados para a elite em 2018.

Já o baiano Bino Lopes, que ocupava o 63º lugar antes do início do evento, deve aparecer muito próximo do G-10 com os 2.250 pontos pela segunda colocação no evento. Mais informações acesse www.worldsurfleague.com .

RESULTADOS FINAIS DO MARTINIQUE SURF PRO – QS3000
Final
1º Ricardo Christie NZL (8.83 + 7.83) 16.66 CAMPEÃO 3000 pontos
2º Bino Lopes BRA (8.50 + 7.07) 15.57 VICE-CAMPEÃO 2.250 pontos
Semifinal (2º lugar= 3º lugar)
S1 – Bino Lopes BRA 14.77 a 11.27 Noe Mar McGonagle CRI
S2- Ricardo Christie NZL 17.23 a 16.17 Soli Bailey AUS

Posts Relacionados

Camboriú empata com Fluminense e leva o título do turno da Segundona de SC

Do coração do Brasil para o 10º Transcatarina

Bota do Mundo 2018

Próxima edição da Volvo Ocean Race será com barcos da IMOCA

Fraiburgo e Transcatarina: a comemoração da Bodas de Estanho

Pâmella Mel completa 40 pódios

Circuito Catarinense de Stand-up Paddle é neste final de semana

Brasileiro sub-21 de vôlei de praia tem atleta de Balneário Camboriú

Saiba como o Dongfeng Race Team ganhou Volvo Ocean Race mais apertada da história

Estreia no 10º Transcatarina: de navegador para piloto

Paraná recebe as promessas olímpicas da Natação no Brasileiro Junior

Atleta de Balneário Camboriú é convocado pela Seleção Brasileira sub-19

31º BRAZILIAN DE JET SPORTS CHAMPIONSHIP

Catarinense Mateo Reyes vence seletiva mundial em Paris e disputa o torneio de Roland Garros

42k de Floripa – 1ª Maratona Internacional da Cidade de Florianópolis

Paulina Pereira da Silva, conquistou duas medalhas de ouro e uma de prata nos Jogos Paralímpicos Universitários

Atleta de Itajaí é Campeã do Sul-Brasileiro de Fisiculturismo

CASA CORONA CHEGA AO BRASIL

MAPFRE ultrapassa dois barcos nos metros final e vence oitava etapa

ORIC Surfboards desembarca em Saquarema para a 4ª etapa do WSL

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: