Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

SUPERLIGA FEMININA 21/22: Disputa começa com duelo de líberos campeãs do Sul-Americano, volta de bicampeã olímpica e público nos ginásios

Sesi Vôlei Bauru (SP) e Sesc RJ Flamengo (RJ) se enfrentam na sexta-feira, com transmissão do SporTV 2

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 27.10.2020

Com o público de volta às arquibancadas – por enquanto, restrito a 20% da capacidade dos ginásios –, 12 equipes iniciam nesta quinta-feira (28.10), a disputa pelo título da Superliga feminina. Todos os jogos terão transmissão ao vivo, pelos canais SporTV ou pelo Canal Vôlei Brasil, e o perfil @superliga_feminina traz informações, resultados, memes, highlights e vídeos curtos.

Campeãs sul-americanas com o Brasil em setembro, as líberos Nyeme e Natinha serão adversárias nesta sexta-feira (29.10), às 21h, quando o Sesi Vôlei Bauru (SP) recebe o Sesc RJ Flamengo (RJ), em Bauru (SP), com transmissão do SporTV 2.

“Nosso time está bastante reformulado, e estamos treinando muito para construir um conjunto. Temos ótimas referências de líberos, então precisamos sempre está no mais alto nível. E isso é maravilhoso porque nos impulsiona a sermos cada vez melhores”, afirmou Nyeme, do Bauru.

Para Natinha, a partida também marca o retorno à Superliga, após ficar fora da última temporada por causa de uma lesão no ligamento cruzado do joelho direito.

“Essa Superliga vai ser especial porque será a primeira depois da minha cirurgia. Batalhei e me dediquei muito e, com o apoio de toda a comissão do Sesc RJ Flamengo, estou de volta e muito motivada. Temos um time competitivo e estou confiante. Nosso primeiro jogo já será uma pedreira, contra uma grande equipe, mas sabemos do nosso potencial”, disse Natinha, destacando o respeito pela companheira de seleção.

“Nyeme é uma grande jogadora, mas não vejo como uma pressão. Treinamos juntas para o Sul-Americano e o respeito entre nós é muito grande. Dentro de quadra, cada uma vai fazer o seu melhor para vencer, mas fora nos admiramos e nos respeitamos bastante”.

No jogo que fecha a rodada no sábado (30.10), o Osasco São Cristóvão Saúde (SP) enfrenta o Fluminense (RJ), às 21h30, em Osasco (SP). A partida, com transmissão do SporTV 2, marca o retorno da bicampeã olímpica Fabiana à Superliga, após o nascimento do seu filho Asaf, em abril.

Protocolo de Covid 19

A Superliga feminina 2021/2022 começa com presença de torcida em todos os jogos. A quantidade de público seguirá o menor percentual de liberação entre as cidades-sede – no momento, Uberlândia (MG), com autorização para ocupação de 20% da capacidade do ginásio.

Todos os jogos da Superliga seguirão um rígido protocolo de segurança elaborado pela CBV. Para acesso aos ginásios, o torcedor deverá apresentar comprovação oficial de vacinação plena ou teste RT-PCR negativo realizado até 72 horas antes da partida/teste de antígeno negativo realizado até 24 horas antes da partida. Na entrada do ginásio haverá aferição de temperatura corporal e o uso de máscara será obrigatório durante todo o evento. Os clubes têm a responsabilidade de cumprir o protocolo de segurança e as exigências sanitárias de cada município.

SUPERLIGA 21/22

Primeira rodada do turno

28.10 (QUINTA-FEIRA) – Brasília Vôlei (DF) x Unilife Maringá (PR), às 17h, no ginásio Sesi Taguatinga, em Brasília (DF) – Canal Vôlei Brasil

29.10 (SEXTA-FEIRA) – Dentil Praia Clube (MG) x Esporte Clube Pinheiros (SP), às 18h, na Arena Dentil, em Uberlândia (MG) – Canal Vôlei Brasil

29.10 (SEXTA-FEIRA) – Itambé/Minas (MG) x Country Club Valinhos (SP), às 18h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) – SporTV 2

29.10 (SEXTA-FEIRA) – Sesi Vôlei Bauru (SP) x Sesc RJ Flamengo (RJ), às 21h, no ginásio Sesi Bauru, em Bauru (SP) – SporTV 2

29.10 (SEXTA-FEIRA) – Barueri Volleyball Club (SP) x Curitiba Vôlei (PR), às 21h, no ginásio José Corrêa, em Barueri (SP) – Canal Vôlei Brasil

30.10 (SÁBADO) – Osasco São Cristóvão Saúde (SP) x Fluminense (RJ), às 21h30, no ginásio Municipal José Liberatti, em Osasco (SP) – SporTV 2

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Posts Relacionados

Basquete abre portas para jovens brasileiros em universidades dos Estados Unidos

Diário da Cidade

Brasil se mobiliza com ações em homenagem às vítimas de trânsito

Uber inicia nova campanha educativa de combate ao assédio na Região Sul

1 em cada 4 pessoas negras já evitou usar transporte por medo de racismo

Foz do Iguaçu recebe o Festival Tambaqui da Amazônia

Consciência Negra: Mars acelera trabalho de equidade racial com nova área de inclusão e diversidade

Casos de zumbido aumentam entre jovens e adolescentes

Diário da Cidade

59% dos brasileiros consideram cancelar os serviços de streaming caso os preços aumentem, aponta relatório

Pix completa um ano com novas medidas de segurança

Donos de terras invadidas devem denunciar crimes ambientais

Startup chilena lança “Aprendo Livre”, plataforma gratuita que ajuda estudantes brasileiros na reta final do Enem

Checklist do gênio chega ao Brasil pela SENAI-SP Editora em parceria com MIT – Massachusetts Institute of Technology

Diário da Cidade

Depressão é um tabu para muitos homens brasileiros

Andreas Kisser faz série de apresentações no Sesc Vila Mariana com o projeto de releituras Brasil Rock Stars

Vítima de homofobia, cabeleireiro manda recado para Mauricio Souza: “vai se tratar”

ONG transforma cortiços em casas compartilhadas

Preço do diesel mostra que Governo quer ônibus lotado e serviço ruim, afirma NTU

Para uma boa Black Friday: muita pesquisa e cuidado com as lojas

Palestra totalmente online para o público interessado em Literatura Negro-Brasileira

Diário da Cidade

Entenda as mudanças trazidas pela Lei de Improbidade