Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Técnicos da Emasa explicam Produtor de Água na Câmara

Na última terça-feira (3), os técnicos da Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa) apresentaram informações a respeito do Projeto Produtor de Água do Rio Camboriú aos vereadores de Balneário Camboriú.

Participaram do encontro a diretora técnica da Emasa, Kelli Cristina Dacol, a engenheira ambiental da EMASA, Rafaela Comparim Santos, além do especialista em conservação André Targa Cavassani e o gerente de conservação Gilberto Tiepolo, ambos da ONG The Nature Conservancy (TNC), uma das instituições parceiras do projeto.

O Produtor de Água do Rio Camboriú é um projeto de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), que tem como objetivo a conservação de áreas de vegetação nativa e a restauração de áreas degradadas da bacia hidrográfica do Rio Camboriú. É um programa de adesão voluntária, sendo os proprietários remunerados para conservação e restauração ambiental em suas propriedades, localizadas dentro da área estipulada em edital pela EMASA.

As ações executada pelo Projeto têm impactos positivos na redução do assoreamento do rio, conservação da biodiversidade, abastecimento e qualidade de água destinada aos municípios de Balneário Camboriú e Camboriú.

Um estudo hidrológico desenvolvido pela equipe técnica do Projeto Produtor de Água apontou a necessidade de restaurar 300 hectares prioritários, os quais podem reduzir em até 90% o aporte de sedimentos nas áreas de interesse do projeto. A participação dos proprietários rurais permitiu que fossem restaurados até o momento 29,5 hectares de áreas degradadas e outros 380 hectares estão sendo mantidos em bom estado de conservação de florestas nativas.

Dentre os principais resultados apresentados, destaca-se a relevância que o projeto alcançou localmente e o reconhecimento que está recebendo, internacionalmente, a respeito do modelo e arranjo desenvolvido para a sua execução, sendo utilizado para diversos estudos de caso e como parâmetro para replicação de projetos semelhantes em outros municípios. Outro destaque é o plano de monitoramento hidrológico, muito elogiado quando comparado a outros projetos de conservação hídrica na América Latina, pois possui estrutura para fornecer dados que permitem o acompanhamento detalhado de diversos aspectos qualitativos e quantitativos dos recursos hídricos da bacia do rio Camboriú.

O projeto é uma iniciativa da EMASA, em parceria com a Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú, Prefeitura Municipal de Camboriú, The Nature Conservancy (TNC), Agência Nacional de Águas (ANA), a Agência Reguladora de Santa Catarina (ARESC), o Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Camboriú e o Centro de Informações de Recursos Ambientais de Hidrometeorologia de Santa Catarina (EPAGRI/CIRAM).

Mais informações através do site www.emasa.com.br/produtordeagua e da página no Facebook.

Entre em contato com um técnico: (47)3261-0000 produtordeagua@emasa.com.br

Posts Relacionados

Em Joinville, governador anuncia abertura de novos leitos de UTI e meta para dobrar cirurgias eletivas

Felipe Hansen recebe a Ordem do Mérito Industrial de Santa Catarina

Guaramirim comemora inauguração do trecho estadualizado da BR-280 e confirmação de novos investimentos

Formado em Medicina no exterior garante na justiça o direito de exercer a profissão no Brasil

IOS abre 50 vagas para curso gratuito de Programação para jovens em Joinville

Expedição Ondas Limpas na Estrada, chega a Florianópolis neste final de semana

No Sul do estado, revitalização da Rodovia Jorge Lacerda traz mais segurança a moradores e motoristas

Estado repassa R$ 40 milhões ao Hospital São Donato de Içara e autoriza obras do Plano 1000 no município

Contador Juarez Domingues Carneiro é o novo presidente da Jucesc

Programa gratuito de aceleração do crescimento de pequenos negócios segue até novembro