Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Uber inicia nova campanha educativa de combate ao assédio na Região Sul

Os conteúdos foram elaborados em parceria com o MeToo Brasil, com a consultoria da Sandra Valle e usam a linguagem do futebol para torná-los mais acessíveis

São Paulo, 18 de novembro de 2021 – A Uber inicia hoje mais uma campanha educativa para combater o assédio. Com vídeos educativos tanto para motoristas e entregadores parceiros, como para usuários, o objetivo da iniciativa é alertar para comportamentos que não são tolerados na plataforma da Uber, de acordo com o Código da Comunidade . Os vídeos serão enviados pelo próprio aplicativo da Uber e ficarão disponíveis em uma página para os usuários em geral poderem assistir, compartilhar e conhecer um pouco mais sobre as iniciativas da Uber no enfrentamento à violência contra a mulher.

Os conteúdos foram desenvolvidos em parceria com o MeToo Brasil , organização dedicada ao acolhimento de sobreviventes de abuso sexual, e também contaram com a consultoria da Sandra Vale da Potência Diversa. Os vídeos utilizam a popular linguagem do futebol e das discussões de “mesa-redonda” como forma de criar paralelos com situações em viagens e entregas pelo aplicativo da Uber, ressaltando as condutas inapropriadas.
“A escolha pela linguagem do futebol foi uma forma de tornar esse conteúdo o mais acessível para todos. Queremos mostrar que sequer existe lugar para debate sobre o que é ou não é assédio e reforçar que para nós a regra é clara e não toleramos esse tipo de comportamento em nossa plataforma. Sabemos que é um desafio, mas entendemos também que a Uber pode ter um papel ativo na criação de um mundo em que as mulheres não tenham que passar por situações de violência de gênero em seus deslocamentos e por isso seguimos investindo em ferramentas e projetos de combate a essas condutas.” comenta Luciana Ceccato, diretora de Marketing da Uber no Brasil.

Para Marina Ganzarolli, idealizadora do Me Too Brasil, “Essa é uma campanha de extrema importância porque na maioria das ações de enfrentamento à violência contra a mulher o foco está na vítima – porque de fato, é ela a parte mais vulnerável, e que precisa de acolhimento, mas para a gente buscar uma solução real precisamos ir na raiz da questão: dialogar e engajar os homens para que eles entendam os limites e o consentimento. Esse é um problema de todos e é muito bom ver uma empresa investindo em iniciativas que vão além e que realmente têm um impacto social.” explica.

Desde 2018, a Uber tem um compromisso público para enfrentamento à violência contra a mulher no Brasil e vem investindo em materiais educativos sobre o tema. Em 2019, por exemplo, foi lançado o Podcast de Respeito , em conjunto com a Promundo e elaborado com base em pesquisas imersivas com motoristas parceiros. Em 2020, o conteúdo ganhou uma segunda edição abarcando, além da violência de gênero, temas como racismo e LGBTQIA+fobia.

Segurança das Mulheres

A Uber possui uma série de projetos elaborados em parceria com entidades que são referência no assunto, que inclui além de campanhas contra o assédio, pesquisas e levantamento de dados sobre o tema, doação de viagens para mulheres em situação de violência doméstica, entre outras ações. Além disso, a empresa está sempre desenvolvendo ferramentas tecnológicas voltadas para segurança do app, como a detecção de mensagens inapropriadas, não revelação do número de telefone, bem como da origem e destino exato das viagens no histórico do motorista, compartilhamento de rota, gravação de áudio e o recurso U-Elas, que permite às parceiras receberem chamadas de viagem apenas de outras mulheres. Recentemente, também com o MeToo, a Uber anunciou a criação de um canal de suporte psicológico para atender vítimas de violência de gênero na plataforma.

Sobre a Uber

A missão da Uber é repensar a forma como o mundo se move, para torná-lo melhor. A empresa iniciou suas operações em 2010 para resolver um problema simples: como conseguir um carro ao toque de um botão? Mais de 25 bilhões de viagens depois, criamos soluções para colocar as pessoas mais perto de onde elas querem estar. Ao mudar a maneira como as pessoas, a comida e as coisas se movem ou se conectam pelas cidades, a Uber é uma plataforma que repensa novas possibilidades para o mundo.

Posts Relacionados

Leilão 5G garante internet de alta velocidade para toda a região Sul

Dezembro Laranja combina cuidados com a COVID-19 e prevenção contra o câncer de pele

Cristo Redentor é iluminado de azul e amarelo para celebrar a declaração de Barbados como uma república

Krav Magá é uma excelente opção para quem deseja exercício dinâmico

Diário da Cidade

Economista aponta impactos para o Brasil trazidos pela crise hídrica

Primeira parcela do décimo terceiro deve ser paga até hoje; veja quem tem direito

Olimpíadas Especiais Brasil participarão de Corrida Virtual para celebrar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Basquete abre portas para jovens brasileiros em universidades dos Estados Unidos

Diário da Cidade

Brasil se mobiliza com ações em homenagem às vítimas de trânsito

1 em cada 4 pessoas negras já evitou usar transporte por medo de racismo

Foz do Iguaçu recebe o Festival Tambaqui da Amazônia

Consciência Negra: Mars acelera trabalho de equidade racial com nova área de inclusão e diversidade

Casos de zumbido aumentam entre jovens e adolescentes

Diário da Cidade

59% dos brasileiros consideram cancelar os serviços de streaming caso os preços aumentem, aponta relatório

Pix completa um ano com novas medidas de segurança

Donos de terras invadidas devem denunciar crimes ambientais

Startup chilena lança “Aprendo Livre”, plataforma gratuita que ajuda estudantes brasileiros na reta final do Enem

Checklist do gênio chega ao Brasil pela SENAI-SP Editora em parceria com MIT – Massachusetts Institute of Technology

Diário da Cidade

Depressão é um tabu para muitos homens brasileiros

Andreas Kisser faz série de apresentações no Sesc Vila Mariana com o projeto de releituras Brasil Rock Stars