Vila da Regata é primeiro lugar da América Latina a instalar filtro de lixo no rio

127

Vila da Regata é primeiro lugar da América Latina a instalar filtro de lixo no rio

Equipamento chamado de Seabin chega ao Brasil pela iniciativa da Campanha Clean Seas, na Volvo Ocean Race

O cuidado com os oceanos e a remoção dos plásticos dos mares é um dos principais focos da Volvo Ocean Race, que segue no Brasil até o domingo (22/4). Através da parceria da “Formula 1 dos Mares” com a Campanha Clean Seas (#MaresLimpos), da ONU Meio Ambiente, o país larga na frente e é o primeiro da América Latina a aderir ao projeto Seabin, um filtro flutuante instalado em áreas de rios e mares para retirada de lixo. O equipamento foi colocado às margens da Vila da Regata, em Itajaí (SC).

            O filtro foi instalado há menos de uma semana e já retirou centenas de amostras de microplástico, poluentes que prejudicam e até podem levar a morte de animais marinhos. Também foram retirados diversos dejetos, como garrafas. A coordenadora da equipe de voluntários e da Team Base da Clean Seas na Volvo Ocean Race Itajaí, Stephania Sichel, conta que o filtro precisa ficar em área de pouca correnteza ou movimentação marítima, para garantir o seu perfeito funcionamento. “Ideal para marinas, píer e áreas mais retiradas, como aqui no trapiche da Vila da Regata”, explica.

            Instalado próximo ao berço de atracação dos veleiros da Volvo Ocean Race, o filtro é movido a energia. Ao ser ligado, ele atinge altura limite do nível do rio, para que o lixo seja sugado até dentro do ralo. A equipe faz a troca do filtro a cada seis horas. “Após dias de chuva, a quantidade de lixo se torna maior e precisamos trocar a cada quatro horas”, acrescenta Stephania.

Domingo (15/4) repleto de ações

           Com foco na limpeza dos oceanos, mais de 20 ações são realizadas até o domingo (22/4) pela Volvo Ocean Race em Itajaí. Uma das iniciativas de mais destaque é a chegada do Veleiro ECO, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), primeiro do Brasil desenvolvido para expedições e pesquisas oceanográficas. A embarcação chega no domingo (15/4) e ficará até o último dia do evento aberta para visitação.

            Também no domingo será realizada a limpeza das areias das praias do Atalaia, Morcego, Solidão e Cavernas, em Itajaí, em parceria com associações de surfe, Organizações Não Governamentais e Fundação do Meio Ambiente (Famai). As ações iniciam às 9h e seguirão até as 15h. A comunidade poderá auxiliar nesta grande ação. A concentração será na praia de Cabeçudas e na área central da praia do Atalaia. Ao mesmo tempo será realizada a limpeza das águas da beira-mar. Um catamarã parceiro do evento irá percorrer a orla com uma grande rede para retirar os dejetos encontrados no caminho.

            Em paralelo, será realizado um campeonato de surfe com garrafas pet na praia do Atalaia. Os participantes poderão fazer as inscrições no local, mediante a troca de uma cesta básica. Todos receberão as pranchas confeccionadas por materiais retirados da natureza pelos integrantes da Associação de Surfe Amigos do Atalaia. “Pretendemos tornar este evento uma ação anual, para que a conscientização prevaleça e a reciclagem também”, afirma Nei Machado, presidente da associação.

Martine Grael confirmada no seminário técnico-científico

Outra grande ação da Volvo Ocean Race Itajaí será a realização do Seminário Técnico-Científico “O futuro dos Oceanos: combate ao lixo no mar”, na quarta-feira da próxima semana (18/4), no Auditório do Centreventos. Com participação confirmada da única velejadora brasileira na “Fórmula 1 dos Mares”, Martine Grael, que irá relatar o que encontrou de lixo durante a travessia de volta ao mundo, o evento contará também com o Procurador-Chefe do Ministério Público Federal em Santa Catarina (MPF/SC), Darlan Airton Dias, a representante da ONU Meio Ambiente, Fernanda Daltro, o Professor Doutor da Universidade de Aveiro (Portugal), Armando da Costa Duarte, o Coordenador de Gerenciamento Costeiro do Ministério do Meio Ambiente, Régis Pinto Lima, entre outros. Organizado pela Fundação do Meio Ambiente de Itajaí (Famai), Prefeitura de Itajaí, UFSC e com apoio da ONU, o seminário é aberto ao público e gratuito e contará com assinatura de um protocolo de intenções do município com a campanha global “Clean Seas”, em português: “#MaresLimpos”. Proposta pela ONU Meio Ambiente, alerta sobre a poluição dos oceanos, atividades poluidoras e orienta para o destino correto dos plásticos. “Este evento é um dos grandes legados da Volvo Ocean Race aqui em Itajaí, pois marca o ponta pé inicial da cidade na campanha Mares Limpos da ONU Meio Ambiente, colocando nossa cidade como a primeira do Brasil a firmar esse compromisso com a ONU, no combate ao lixo do mar”, ressalta Victor Valente Silvestre, superintendente da Famai. Os interessados podem se inscrever através do eventos.famai@itajai.sc.gov.br ou (47) 3348-8031.

Cronograma de ações paralelas as estações educacionais:

Sexta-feira (13/4)

– Das 14h às 17h – Distribuição de sementes na Vila da Regata

Domingo (15/4)

– Chegada do Veleiro Eco à Vila da Regata

– Das 9h às 15h – Limpeza das praias do Atalaia, Morcego, Solidão e Cavernas

– Das 9h às 15h – Campeonato de surfe com pranchas feitas com garrafas pet

Segunda-feira (16/4)

– Das 14h às 17h – Distribuição de sementes na Vila da Regata

– Visita ao Veleiro Eco

Terça-feira (17/4)

– Das 14h às 17h – Distribuição de sementes na Vila da Regata

– Visita ao Veleiro Eco

Quarta-feira (18/4)

– Visita ao Veleiro Eco

– Das 12h às 19h – Seminário Técnico Científico “O futuro dos oceanos: Combate ao lixo no mar”. Local: Auditório da Vila da Regata

– Das 14h às 17h – Distribuição de sementes na Vila da Regata

Quinta-feira (19/4)

– Visita ao Veleiro Eco

– 14h – Visita ao Parque do Atalaia

– Das 14h às 17h – Distribuição de sementes na Vila da Regata

– Das 14h às 17h – Oficina: “Tubarão, não é vilão!” da CEPSUL/ICMBIO no estande da Famai

Sexta-feira (20/4)

– Visita ao Veleiro Eco

**Programação sujeita a alterações**