Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Acordo integra Disque 100 a cadastro de crianças e adolescentes desaparecidos

Medida é parceria entre o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e o Ministério da Justiça e Segurança Pública para efetividade na política
Um acordo estabeleceu o fluxo de informações dentro do Governo Federal para agilizar e modernizar a busca crianças e adolescentes desaparecidos no Brasil. A medida, firmada entre o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), integra os registros de denúncias no Disque 100 com o Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos.

O compromisso foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesta quarta-feira (17). O acordo de cooperação técnica permitirá a implementação de aplicativo e do site para a busca de crianças e adolescentes desaparecidos.

Para a ministra Damares Alves, titular do MMFDH, a medida mostra a transversalidade com que o Governo Federal lida com o tema de direitos humanos. “Essa é uma questão muito importante, pois quando uma criança desaparece, toda a estrutura familiar é abalada. Nós vamos trabalhar em conjunto, desenvolvendo tecnologias, para que isso não aconteça mais no Brasil. Mais adiante atenderemos ainda os demais grupos sociais”, afirma.

Com a parceria, os ministérios integrarão as suas bases de dados para iniciarem a política de registro e localização de crianças e adolescentes desaparecidos. O termo foi assinado pela ministra Damares Alves, pelo titular do MJSP, André Mendonça, pelo ouvidor nacional de direitos humanos, Fernando Ferreira, e pelo secretário nacional de segurança pública, Carlos Machado.

O MMFDH ficará responsável pelo compartilhamento das denúncias recepcionadas pelo canal e pela distribuição das informações aos demais órgãos de segurança pública responsáveis pela execução da política de desaparecidos.

A medida não acarreta prejuízo aos encaminhamentos tradicionais da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH) aos demais órgãos da Rede de Proteção de Direitos Humanos.

Aplicativo e site

O aplicativo e site para registro e busca de crianças e adolescentes desaparecidos estão em desenvolvimento pela Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH), que integra a estrutura do MMFDH e coordena o Disque 100. “Essa é mais uma ferramenta que a ONDH vai implementar em conjunto com toda a rede de segurança pública, sob a coordenação do MJSP”, afirma Ferreira.

As famílias poderão utilizar a ferramenta para denunciar o desaparecimento de crianças e adolescentes em todo o país e fornecer informações sobre o caso.

Já os agentes da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Ferroviária Federal, das polícias civis e militares, e, dos corpos de bombeiros militares, poderão utilizar a ferramenta para iniciar as buscas de forma imediata, dispondo de alertas georreferenciados do local em que a vítima foi vista por último e uso de ferramenta de reconhecimento facial para auxiliar na identificação da pessoa desaparecida.

A autenticação do registro de desaparecidos será realizada com o Boletim de Ocorrência Policial, que deverá ser informado ou validado de forma sistêmica pelo MJSP.

Legislação

O Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos foi instituído em 2009. Desde 2019, com a Política Nacional de Pessoas Desaparecidas, a ferramenta integra o Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas, de responsabilidade do MJSP. A política também estabeleceu o Disque 100 para recebimento de denúncias de desaparecimento de crianças e adolescentes.

Para dúvidas e mais informações:
ouvidoria@mdh.gov.br

Posts Relacionados

O oligopólio dos ônibus e sua guerra de fake news

A Cultura do Cancelamento: autor alerta para o perigo dos rótulos na internet e o inconsciente coletivo

Especialistas apontam operadoras de celular com melhor custo-benefício no Sul

Franquia de casa de repouso é investimento aquecido pela pandemia e aumento da população de idosos

Diário da Cidade

Rip Curl confirma ‘Grom Search apresentado por Praia da Grama’

Diário da Cidade

54% dos brasileiros devem levar marmita para o trabalho, aponta pesquisa

Sustentabilidade da pecuária no Nordeste exige cercas eficientes e duráveis

STARTUP CURITIBANA INOVA E REALIZA O SONHO DE BRASILEIROS QUE DESEJAM VIAJAR PARA O EXTERIOR

Preço da gasolina sobe pela quarta vez somente neste ano

Construindo Letras: Projeto de alfabetização beneficia colaboradores de canteiros de obras

COPPEAD lança em fevereiro/21 a edição do MBA Executivo online e ao vivo

Ônibus não é táxi. Buser não é Uber.

Poliedro oferece aulão on-line gratuito de redação para a Fuvest e aponta o que esperar da 2ª fase

Renovigi lança sistema de energia solar off-grid inovador

Diário da Cidade

Demanda no setor de serviços cresce 63% no Brasil em 2020, aponta pesquisa

Diário da Cidade

DHL assume gestão logística do aftermarket de peças da Volvo Cars no Brasil

Diário da Cidade

Manaus sedia primeira fase de pesquisa sobre uso de proxalutamida contra a Covid

Novozymes doa 100 computadores para crianças e adolescentes

Ministério quer aprimorar o acesso aos direitos humanos de imigrantes venezuelanos

Diário da Cidade

Connected Smart Cities apresenta Plano de Cidades Inteligentes para Salvador e indicadores

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: