Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Casos de caxumba deixa Vigilância Epidemiológica em alerta

O Departamento de Vigilância Epidemiológica (DEVE) de Balneário Camboriú recebeu nos últimos dias várias notificações de casos de caxumba no município. Jovens entre 15 e 17 anos de idade, matriculados em uma unidade de ensino particular específica, contraíram a doença, o que deixou o setor em alerta. A infecção viral pode ser evitada por meio de vacina e tratada, caso haja o contágio, com repouso absoluto.

Transmitida por contato direto com gotículas de saliva de pessoas infectadas, a caxumba é caracterizada por atingir glândulas do pescoço, gerar inchaço no rosto e, se não tratada, nos testículos e ovários. “Quando há a confirmação, o posicionamento, enquanto Vigilância Epidemiológica, é ver a situação vacinal do adoentado, independente da faixa etária. Em seguida, como no caso desses colégios, a equipe realiza conversas para sanar dúvidas e repassa orientações quanto a prevenção”, expõe Zibeilde Ferreira Borges, enfermeira e coordenadora de imunização do município.

Por não haver tratamento medicamentoso, a doença pode ser evitada logo após o primeiro ano de vida com a aplicação de duas doses da vacina Tríplice Viral, que também protege contra Sarampo, caxumba e Rubéola, conforme consta no calendário vacinal. “Vale ressaltar que a pessoa estar imunizada não significa que ela não vá pegá-la. Se infectada, não há tratamento medicamentoso. A cura é natural, principalmente com o respeito aos dez dias de repouso absoluto. O médico vai acompanhar o quadro dos pacientes e, possivelmente, receitar remédios para a dor advinda da caxumba”, comenta a profissional.

Para evitar o contágio, é indicado que os munícipes ingiram bastante líquidos, mantenham uma alimentação saudável regrada, realizem a higienização das mãos com frequência e não frequentem locais com aglomerações de pessoas.

Mais informações com Zibeilde Borges, no DEVE, pelo telefone (47) 3363-4170.

Posts Relacionados

Turismo Rural no Oeste destaca belezas naturais durante o 25º Itaipu Rural Show

Credifoz conquista marco histórico de 100 mil cooperados

Sinais de alerta com a saúde mental das crianças

CDL se une a Gazz Company, maior rede de gestão da área, e lança programa voltado para donos de bares e restaurantes de Joinville

Programa Terra Boa 2024 será lançado na próxima quarta-feira, no 25º Itaipu Rural Show

IFC Blumenau tem vagas para curso gratuito de EJA em Eletricista Industrial

A importância do Legal Design e Visual Law no ambiente jurídico

O que esperar do mercado imobiliário do litoral norte de Santa Catarina em 2024

Cooperativas de crédito operam em 55,3% dos municípios brasileiros

Cooperativas Catarinenses recebem atualização sobre as modificações da Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte