Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Balneário Camboriú e Camboriú

Declaração de Regularidade Sanitária não inclui condomínios de casas

A Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA), esclarece que a Lei Municipal Nº4.260/2019 (com dispositivos alterados pela Lei Nº4.337/2019), que institui a obrigatoriedade da Declaração de Regularidade Sanitária de edificações, não inclui os condomínios horizontais, ou seja, de casas. Pela lei, ficam dispensados da exigência os imóveis unifamiliares residenciais, e os condomínios horizontais de casas se enquadram nessa dispensa. Isso porque, ainda que reunidas em um mesmo ambiente, não perdem essa característica.

Os imóveis inseridos em condomínios horizontais e localizados em áreas contempladas pelo sistema de rede coletora de esgoto no Município, já estão incluídos no cronograma de vistorias do Programa Se Liga na Rede. “O acesso aos imóveis em condomínios de casas é mais fácil, diferente dos condomínios verticais que pela quantidade de apartamentos as vistorias são feitas por amostragem, os quais utilizam a mesma saída de esgoto”, completa a fiscal Sanitarista, Beatriz Nunes.

Sobre a Declaração

Desde o dia 26 de novembro de 2019, está em vigor a Lei Municipal Nº4.260/2019, com dispositivos alterados pela Lei Nº4.337/2019, que institui a obrigatoriedade da Declaração de Regularidade Sanitária de edificações, exceto imóveis unifamiliares residenciais (casas), localizadas em áreas contempladas pelo sistema de rede coletora de esgoto no Município de Balneário Camboriú. Até o dia 30 de junho de 2020, o documento deve ser protocolado eletronicamente, em link encontrado no site da Emasa. Atualmente, 185 imóveis protocolaram o documento e desses, 19 já receberam o certificado; 16 foram vistoriados e estão com adequações pendentes. Os demais estão ocorrendo os agendamentos para inspeção da equipe.

Se ocorrer o descumprimento do prazo de entrega da declaração, a multa prevista será equivalente a 1 UFM (Unidade Fiscal Municipal) por unidade autônoma, limitada em 10 UFMs por edificação. Já nas situações em que a declaração for protocolada com a falta de algum documento, o responsável legal será notificado com prazo de 30 dias para complementá-la. Em caso de divergência técnico-sanitária entre as informações declaradas pelo representante do imóvel e as constatadas pela Emasa, será concedido prazo de 30 dias para adequação do imóvel à legislação e normas vigentes, podendo prorrogar o prazo mediante solicitação junto ao processo. A não adequação, acarreta em multa de 10 UFMs.

O certificado possui validade de três anos ou até alteração do sistema de esgoto do imóvel. A renovação da declaração deve ser feita com pelo menos 30 dias antes do término de vigência do prazo. Se ocorrer alteração na edificação que interfira no sistema de esgotamento sanitário, o responsável deve fazer a comunicação à Emasa com até 15 dias de antecedência do início da obra.

 

_______________________
Informações Adicionais:
Emasa
(47) 3261-0000

Posts Relacionados

Acidente entre Kombi e moto tira a vida de motociclista na Quinta Avenida

Guarda Ambiental resgata cachorro vítima de maus-tratos em Balneário Camboriú

Shed e La Belle são interditadas e multadas; multas somam R$ 300 mil

Águas de Camboriú e Águas de Bombinhas apresentam Plano Verão para agência reguladora Aresc

Sandra Neli Werner é eleita presidente da AmpeBr

Câmera ao vivo Praça Almirante Tamandaré Balneário Camboriú – Live cam

Diário da Cidade

Canal do Porto de Itajaí Ao Vivo!

Roda Gigante Balneário Camboriú Big Wheel Câmera ao vivo

Diário da Cidade

Fundador da Uniavan morre de Coronavírus

Vereadores de BC aprovam um projeto na sessão desta quarta

Segundo Afluentes Online vai ouvir lideranças comunitárias de Camboriú

Plenário aprova um projeto na sessão desta terça da Câmara de BC

Leões do Parque Beto Carrero são atendidos no ZooCare

IFC altera processos seletivos para 2021 devido à pandemia

Confira o expediente de segunda-feira, 07, feriado da Independência do Brasil

Projeto de lei que institui Programa Abraço Animal em Balneário Camboriú é aprovado

Fisioterapia da UniAvan oferece atendimento para profissionais de saúde que trabalham no enfrentamento ao coronavírus

Bar no Bairro das Nações é interditado por descumprir decreto municipal

Vereadora Jane Stefenn propõe instalação de placas do Ligue 180 em prédios públicos e estabelecimentos de Camboriú

Lar dos Idosos de BC instala cortina de abraços para aproximar residentes e familiares

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: