Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
DESTAQUES

Desafios do ensino no futuro são discutidos em evento de educação no Estado

A temática foi debatida na tarde dessa terça-feira, 8 de outubro, no primeiro dia do Seminário Conhecer 2019 e do Encontro Internacional de Inovação na Educação

O desafio dos professores em usar a tecnologia e ao mesmo tempo estimular o desenvolvimento das habilidades humanas norteou as discussões no primeiro dia da 3ª edição do Seminário Conhecer e do Encontro Internacional de Inovação na Educação, eventos promovidos pelo Centro Sebrae de Referência em Educação Empreendedora, com apoio da Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina, que estão sendo realizados em Florianópolis, nos dias 8 e 9 de outubro.

A fundadora e diretora do CEIPE, Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getúlio Vargas, Cláudia Costin, participou do painel que abriu a sala temática de políticas públicas e reforçou o grande desafio dos educadores diante da quarta revolução industrial, que é marcada pela automação acelerada e pela inteligência artificial. “Nós vamos precisar mudar a formação dos jovens e das futuras gerações. E isso começa com um olhar especial ao que chamamos de estímulo à competência do século XXI, que é incentivar a resolução colaborativa de problemas com o uso da criatividade e da empatia, coisas que a inteligência artificial não consegue fazer. E para gerar essas competências nos alunos, os professores precisam ter essas características muito bem desenvolvidas neles mesmos. Isso vai gerar um desafio enorme para os nossos educadores porque a formação deles é muito divorciada da prática do chão da escola”, comentou a professora.

Ela aponta como inspiração o caminho que foi adotado pelo Chile, em que eles dificultaram o acesso aos cursos de pedagogia e de licenciatura e mudaram a base curricular, tornando obrigatória a prática dos futuros docentes em escolas públicas desde o primeiro ano. “Isso faz com que o professor esteja desde o começo em contato com a vivência profissional, criando uma valorização da relação interpessoal e da prática profissional”, comentou.

Na mesma linha, a doutora em administração Soraia Schutel palestrou na sala de competências para a educação inovadora e reforçou as táticas que os professores podem adotar para desenvolver pessoas extraordinárias, que são, segunda ela, aquelas que têm consciência do seu potencial e sabem como usá-lo. “A tecnologia já é uma realidade e com ela estamos vivendo uma era de renascimento, em que precisamos olhar para dentro e potencializar aquilo que é único do ser humano, como a comunicação, a empatia, as relações interpessoais”, comentou.

Porém, para que isso aconteça, o grande desafio do educador é aliar o desenvolvimento dessas competências com o uso da tecnologia. “O professor não pode separar esses dois elementos, ele precisa aliá-los para formar profissionais e humanos cada vez mais capacitados e prontos para encarar os desafios do mundo moderno”, complementou o mestre em tecnologias emergentes, José Motta Filho.

O Seminário Conhecer 2019 e o Encontro Internacional de Inovação na Educação seguem nesta quarta-feira, 9 de outubro, das 9h às 17h. Além de duas palestras magnas, serão ministradas outras 14 palestras nas salas temáticas.

Related posts

Empreendedoras brasileiras podem participar de evento global no Canadá

MEIA MARATONA INTERNACIONAL DE BC ACONTECE EM ABRIL

Handebol de BC disputa primeira competição do ano nesse sábado

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: