Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
ENTRETENIMENTO

Mutante Companhia de Teatro apresenta o musical X-QUEM? – Origens em Florianópolis

Mutante Companhia de Teatro apresenta o musical X-QUEM? – Origens em Florianópolis

Apresentações gratuitas estão marcadas para os dias 21 e 27 de agosto, no Teatro Pedro Ivo, na Capital

               O espetáculo X-Quem? – Origens, da Mutante Companhia de Teatro de Florianópolis, é uma comédia musical que faz uma paródia do mundo dos super-heróis e usa elementos da cultura pop nerd e da estética das histórias em quadrinhos (HQs) para o desenvolvimento do enredo e da cena teatral. O musical, que tem patrocínio da Eletrosul e foi contemplado através de incentivo fiscal pela Lei Rouanet, vai fazer duas apresentações gratuitas na Capital. A estreia acontece às 20h do dia 21 de agosto, no Teatro Pedro Ivo, e os ingressos podem ser retirados uma hora antes no local. A segunda apresentação será no dia 27 de agosto, às 15h, também no Pedro Ivo. Essa sessão é destinada para escolas, ONGs e entidades de jovens da Capital. As duas apresentações contam com intérprete de Libras e no dia 27 haverá Audiodescrição.

               Criada em 2015, a companhia nasceu no mesmo ano em que foi montado o espetáculo X-QUEM? – O musical, que percorreu diversas cidades do estado. Segundo a diretora, roteirista e atriz, Audrei Hüllen foi neste mesmo período que os membros começaram a se inscrever e participar de editais e festivais e resolveram fundar o grupo.

“Não houve um momento específico que decidimos nos tornar uma cia, pois já éramos. A oficialização foi por acaso durante a escolha do nome para a companhia”, lembra Audrei.

Nesta segunda montagem, que deve integrar uma trilogia, o grupo segue com dramaturgia e músicas de autoria própria. Audrei, que assina o roteiro e direção do espetáculo, conta que a inspiração para a criação do projeto foi do grupo de teatro norte-americano Starkid, que é famoso por paródias musicais, como “A Very Potter Musical”, que faz uma paródia musical de Harry Potter.

“A primeira vez que assisti ao vídeo soube imediatamente que poderia passar o resto da vida trabalhando com aquilo e foi aí que comecei a cogitar a me tornar atriz também”, conta Audrei que teve uma identificação imediata com o humor, a paródia, e possibilidade de juntar ambos em músicas, ainda mais com baixo orçamento.

Para tornar o projeto em realidade começou a fazer uma série de pesquisa sobre que obras poderiam ser parodiadas, Audrei ressalta que queria trabalhar com algo que partisse de um universo fantasioso, mágico, onde coisas impossíveis acontecem, foi então que decidiu focar no mundo dos super-heróis e fazer uma paródia musical sobre os X-Men.

               “A ideia de ver as habilidades especiais, os superpoderes, serem representados em um palco de teatro me fascinava cada vez mais. Partindo desse imaginário, foram surgindo várias outras ideias, como a de vários personagens terem superpoderes inúteis, estranhos ou que não soubessem utilizar”, conta.

               Na sequência, após delinear os perfis de alguns personagens, Audrei começou a escrever os primeiros esboços da história, seguindo a lógica do X-Men, no qual o governo pretende forçar os mutantes a registrarem seus poderes e habilidades e ter controle sobre seus direitos, enquanto Magneto, o grande vilão com poderes manipulação de metais, almeja tornar-se líder da supremacia da raça mutante.

A roteirista explica que foi dentro deste contexto que nasceu a ideia de contar a história de três jovens mutantes que são recrutados por uma veterana para desenvolverem e aprimorarem seus poderes. Para isso eles precisam se filiar à Aliança Pacifista – organização que busca consolidar a paz entre os mutantes e os humanos – e restabelecer a imagem dos mutantes perante a sociedade humana, devido aos constantes conflitos entre as duas raças.

“O X-QUEM? – O musical, nasceu assim e o X-QUEM? – Origens é uma expansão do próprio universo, muito mais independente da obra original do que o primeiro espetáculo. Nesta segunda parte os personagens ganharam piadas e histórias próprias. Existe toda uma construção a qual o público (ainda) não tem acesso. Tudo feito para dar respaldo à história que é assistida no palco”, explica.

X-QUEM? – Origens

No musical, o público é convidado a conhecer as origens de um vilão que quando ele ainda era apenas o jovem Toni, um mutante que sonhava em se tornar um grande herói. Ao longo de aproximadamente 120 minutos, será possível conhecer esse universo habitado por humanos e mutantes, e acompanhar a jornada de Toni e seus extraordinários colegas de turma na Escola de Herói. No desenrolar do espetáculo são apresentadas diversas temáticas que envolvem o descobrimento e amadurecimento de cada pessoa. Audrei conta que ao descobrir seus poderes o personagem começa a se conhecer, e quando isso acontece ele precisa compreender e aceitar as qualidades e defeitos que tornam a pessoa que ele é.

A peça fala ainda sobre primeiros amores, confronto entre essência e aparência, questões sociais, e mostra que nada é 100% bom ou ruim, ou como é utilizado muito no texto, nem tudo é luz ou sombra.

Embora o universo dos X-QUEM? tenha tomado vida própria, Audrei antecipa que na construção do texto foram usados diversos elementos da cultura pop/nerd, seja com referências com animes, programas de TV dos anos 80, frases de desenhos da Disney, memes da Internet, séries antigas e atuais, e é claro, com os próprios X-Men.

Sinopse

Um vilão que aspirava ser herói, ou um herói que se tornou vilão. As palavras se confundem quando se tratam da história de Toni, um jovem mutante que entra para a Escola de Herói, na época sob liderança do maior ídolo de seu tempo, o Interruptor. O público vai conhecer, pelas páginas do diário de Toni, os eventos que o levaram para as sombras de sua própria história. Não se engane, pois a sombra existe, mas jamais sem luz.

Elenco do espetáculo

               Todos os integrantes da Mutante Companhia de Teatro estudaram ou estudam atuação, seja na UDESC ou na Aktoro, escola de formação de atores da Capital. Alguns membros já estudavam canto, outros aprofundaram o contato com essa arte para o musical.  Em cena são 12 pessoas no elenco, sendo oito atores e quatro músicos.

Ação Social

As apresentações de estreia são gratuitas e a Companhia fará uma campanha de arrecadação de gibis novos na entrada do teatro. Todo o material recolhido será entregue para duas instituições da Capital: na Casa da Criança do Morro da Penitenciária, localizada no bairro Trindade e na Associação Gente Amiga, localizada na comunidade do Morro do Horário, no bairro Agronômica. Ambas cuidam e prestam atendimento a jovens e crianças em Florianópolis. Para os integrantes da Mutante essa é uma forma de contribuir com as entidades e ainda por cima incentivar à leitura.

 

Ficha técnica

Direção Geral: Audrei Hüllen

Direção Musical: Felipe Pessoa

Assistência de direção musical: Joana Castanheira

Direção de Arte: Joana Kretzer

Produção: Lucas Viapiana

Elenco: Audrei Hüllen, Felipe Pessoa, Gustavo Grillo, Joana Kretzer, João Peters, Lucas Dulli, Lucas Viapiana, Marcela Costa, Rael Irene, Rafael Fabrin, Vinicius Lorenz e Yves Tanuri

Iluminação: Hedra Rockenbach

Assistente de iluminação: Iscarlat Lemes

Intérprete de Libras: Wharlley dos Santos

Audiodescrição: Márcia Caspary e Beth Bieging (Tagarelas Produções)

Coreografia: Wallace Almeida

Preparação corporal: Lucas Dalbem

Preparação Vocal: Rafael Welter/Full Voice Studios

Maquiagem: Lara Pasternak

Designer Gráfico: Paulo Wolf

Ilustração: Yuri Bastos

Mídias Sociais: Gabriel Santos

 

Patrocínio: Eletrobrás – Eletrosul.

Apoio: Full Voice Studios, Garagem 2020 Escola de Música, SESC, UDESC, 1401 Casa de Chá, Mensageiro Musical, Governo do Estado de Santa Catarina (Teatro Pedro Ivo Campos).

Serviço

X-QUEM? – Origens

Data: 21 de agosto (às 20h) e 27 de agosto (às 15h)

Local: Teatro Pedro Ivo (Rodovia SC 401, Km 15, n° 4600 – Saco Grande, Florianópolis/SC)

Entrada Gratuita

Apresentações contam com Libras e a do dia 27 com Audiodescrição

Redes Sociais: Facebook: musicalxquem e Instagram: @musicalxquem

Contato e informações no email: musicalxquem@gmail.com

Related posts

Miss Bumbum México está de volta ao Brasil: “nada é melhor que a casa da gente”

Unimed Litoral inaugurou no dia 13 novo espaço físico do Núcleo de Atendimento em Itapema

Projeto Som&Sol completa dois anos com edição especial em Porto Belo

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: