Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
DESTAQUES

Nutricionistas destacam a Importância da Alimentação Saudável nas Escolas

Nutricionistas destacam a Importância da Alimentação Saudável nas Escolas

No dia 21 de outubro será comemorado o Dia Nacional da Alimentação na Escola. Para marcar a data e destacar, ainda mais, a importância de se consumir alimentos saudáveis, as unidades escolares dos municípios da região, juntamente com as nutricionistas, estão divulgando informações sobre o tema. A ação conta com o apoio do GT (Grupo de Trabalho) de Nutricionistas da AMFRI.

Em todas as idades é fundamental os cuidados com a alimentação, mas na infância é ainda mais importante, pois uma alimentação saudável na infância e na adolescência promove a saúde, o crescimento, o desenvolvimento e previne problemas de saúde, tais como a anemia por deficiência de ferro, obesidade, e cárie dental; e pode prevenir problemas de saúde em longo prazo, como doenças cardíacas, câncer, diabetes, hipertensão, osteoporose e outras.

Ao contrário do que muitos pensam, uma alimentação saudável não significa uma alimentação cara ou de difícil acesso. Fazem parte de uma alimentação saudável, a maioria dos alimentos “in natura”, tais como: feijão, arroz, milho, trigo, frutas, legumes e verduras, sementes e castanhas, onde devem ser consumidos em porções adequadas todos os dias para garantir os nutrientes essenciais ao organismo. Por isso as nutricionistas dos municípios da AMFRI estão cada vez mais introduzindo alimentos mais saudáveis e nutritivos no cardápio das escolas.

Entre as alterações no cardápio está a inserção de novos temperos para dar mais sabor às preparações, reduzindo assim à necessidade do sal, a inclusão de produtos orgânicos, novas receitas de pães e bolos integrais, entre outras. “A alimentação escolar exerce uma função essencial na formação de hábitos saudáveis e no desenvolvimento biopsicossocial do aluno”, observam as nutricionistas.

Elas destacam que o Ministério da Saúde, em seu manual operacional para profissionais de saúde e educação, reforça que a escola é um ambiente propício para a propagação de saúde, autonomia, autoestima, comportamentos e habilidades para os alunos e a comunidade escolar; é o espaço ideal para propagar a formação de hábitos alimentares saudáveis e à construção da cidadania (BRASIL, 2008).

Related posts

Cinco ruas do Centro terão novo sentido de circulação a partir de quinta-feira

CDL alerta: multa para quem não expor o Código de Defesa do Consumidor é imediata

Grupo de Camboriú participa de campanha doando quilômetros em prol da sensibilização sobre o autismo

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: