Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
NOTÍCIAS SANTA CATARINA

TCU julga esta semana auditoria que investigou suspeitas de desvios de bolsas na UFSC

TCU julga esta semana auditoria que investigou suspeitas de desvios de bolsas na UFSC

Está marcada para a próxima quarta-feira (15), a partir das 14h30, julgamento da auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União) que investiga suposto desvio de bolsas de estudos na UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). A investigação tem ligação com a Operação ouvidos Moucos, deflagrada em setembro de 2017, e que investiga na esfera criminal as mesmas suspeitas.

O relatório técnico da Corte de Contas já havia apontado evidências de irregularidades no pagamento de mais de três mil bolsas concedidas a 298 bolsistas pelo programa Universidade Aberta do Brasil. A investigação compreende o período entre janeiro de 2012 e junho de 2017. O relatório técnico foi concluído em fevereiro de 2018, mas em maio foi concedido prorrogação do prazo para as defesas apresentarem contestação.

A auditoria estava desde novembro de 2018 com o relator, ministro Walton Alencar Rodrigues, que após dar seu voto encaminhou a investigação para apreciação do órgão colegiado. O processo foi aberto em agosto de 2017 e tramita em segredo de Justiça.

O julgamento vem em momento delicado para a gestão da universidade, que na semana passada, após o anuncio de um corte da ordem de 35% de seu orçamento, comunicou que poderá faltar verba para manutenção e custeio da instituição já a partir de agosto.

Os cortes anunciados pelo MEC e que devem atingir todas as universidades e institutos federais vai reduzir uma verba da ordem de R$ 60 milhões de itens como custeio, capital e emendas parlamentares previstas para o exercício de 2019.

Universidade fala em revisão de contratos e pede racionamento

No decorrer da última semana, alunos, professores e técnicos dos campi da UFSC se reuniram para debater as consequências dos cortes orçamentários do governo federal. A instituição já considera a possibilidade de rever contratos com empresas terceirizadas e reduzir o pagamento de diárias a servidores.

Em Joinville, a diretora Cátia de Carvalho Pinto pediu a colaboração de todos para economia de luz e água, explicou que diárias serão concedidas apenas para reuniões em órgãos deliberativos.

Em Florianópolis, o Conselho Universitário se reuniu e se manifestou contrário aos cortes anunciados, que pode prejudicar os trabalhos da instituição e diminuem a autonomia universitária.

Related posts

Unicred SC/PR orienta investidores para driblar a queda da Selic

Águas de Bombinhas distribui livros Trilha da Cultura para escolas públicas da cidade

IFC Blumenau oferece capacitação em Informática Básica para adultos e idosos

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: