7ª etapa do SC QS Fecasurf 2017 – Silverbay recoloca Garopaba na rota dos grandes eventos.

50
Parceiros:

7ª etapa do SC QS Fecasurf 2017 – Silverbay recoloca Garopaba na rota dos grandes eventos.

A cada etapa realizada, o Circuito Silverbay ganha mais prestígio e atrai surfistas de várias partes do país. Ondas excelentes, organização de primeira e a beleza do local fazem da competição uma das principais no sul do Brasil.
Um final de semana com ondas perfeitas e o surf de “high performance” apresentado pelos competidores, marcou esta 2ª etapa do Circuito Silverbay Garopabense de Surf, realizado neste último final de semana.

Léo Casal protagonizou a única nota 10 na competição no sábado. Foto: Basilio/P.P07
Essa etapa valeu pelo SC QS 6000 do Circuito Catarinense de Surf Amador (Fecasurf), além de pontos para o circuito local e o circuito Sul Catarinense de Surf. O grande número de inscritos superou a expectativa inicial de 160 atletas, obrigando a organização excepcionalmente abrir mais vagas, totalizando aproximadamente 200 atletas divididos em 12 categorias.
Garopaba em evidência na cena competitiva
Mais uma vez a Capital do Surf Catarinense foi invadida por competidores de diversas partes do paí­s e suas famí­lias, movimentando a cidade de Garopaba(SC), litoral sul de Santa Catarina. “Um campeonato amador com atletas de alto ní­vel, bem organizado e realizado numa cidade como Garopaba, só tende a crescer e atrair a ainda mais competidores e se transformar num evento tradicional no Brasil”, declarou Richard Saldanha, empresário de São Paulo. Ele trouxe os filhos Rodrigo e Isabela Saldanha pela segunda vez no Circuito Silverbay, e já confirmou presença na útima etapa no final do ano.

Wallace Vasco está em grande fase e venceu a Junior. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Euler Frazão veio de mais longe. Ele é gerente de T.I da marca Pena, co-patrocinadora do circuito e veio do Ceará acompanhando seu filho Cauet Frazão, competidor da categoria Infantil. “Um circuito que trabalha com seriedade as categorias de base merece ser prestigiado. Já estive aqui na primeira etapa na Silveira, vim nessa, e com certeza virei na terceira pra fechar o circuito”, declarou Euler.
Máquina de ondas ligada na Ferrugem

As ondas perfeitas de sábado proporcionaram aos competidores longas paredes, ideais para o surf clássico e o uso da borda, como nesse arco desenhado com estilo por Artur Romão, de São Fco. do Sul. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Foram dois dias de ondas excelentes na faixa de 1,5 metro na série, diminuindo um pouco no domingo decisivo. “Com essas ondas alucinantes e surfistas desse calibre vindos de todo o Brasil, fica difí­cil apontar algum atleta que tenha se sobressaído mais”, comentou Jordão Bailo Jr, vice-presidente da Fecasurf.
O domingo decisivo teve grandes confrontos nas doze categorias do circuito. A bicampeã catarinense Manu Pacheco cravou 8,33 pontos numa longa esquerda, para conquistar a vitória na Feminino Junior. Uma geração talentosa de jovens surfistas vem se consolidando no Estado. Esses garotos mostraram isso na final eletrizante da categoria Junior, uma das melhores da competção. Wallace Vasco foi implacável nas excelentes ondas da Ferrugem pra sair com a vitória. O carismático Anuar Chiah surfou com velocidade e estilo as esquerdas e festejou muito como sempre a vitória na Petiz.

Premiação da 2a etapa do Circuito Silverbay 2017. Foto: Basilio Ruy/P.P07
O alto ní­vel da Master é sempre uma atração no circuito. Nos 15 minutos decisivos, Fernando Santiago, do extremo sul de Florianópolis(SC), dominou as ações e venceu com autoridade a categoria.
Entre os Iniciantes, outro surfista de Florianópolis (SC) levou a melhor. Léo Casal já havia feito a única nota 10 do evento no dia anterior, e confirmou suas atuações com esta bela vitória. Na Infantil, o paulista Ryan Kainalo mais uma vez se deu bem em Garopaba e venceu a etapa.

A campeã Feminino Junior Manu Pacheco também comlocou em prática o surf de linha na perfeição da Ferrugem. Foto: Basilio Ruy/P.P07
A decisão do Surf Adaptados teve Robson Gasperi como grande campeã. Leonardo Barcelos ditou o ritmo na final Mirim e cravar mais uma vitória em seu extenso currículo, apesar de jovem.
A carioca Julia Duarte havia ficado em segundo na Feminino Junior, e deu o troco em Manu Pacheco na decisão da Feminino Open. A gaúcha Yasmin Dias levou a Feminino Iniciantes, e a paranaense Luara Mandelli foi a vencedora da Feminino Infantil.
A categoria Open foi outra disputa acirrada, definida na última onda. O local Pedro Mendes venceu a decisão e mostrou conhecer os atalhos da Ferrugem, virando o resultado a seu favor no final da bateria. Na primeira etapa realizada em março na praia da Silveira, Mendes sentiu na pele essa mesma situação, quando liderava a final e perdeu o título de virada para Felipe Kita Martins na última onda.

Pódio com os finalistas da categoria Surf Adaptados. Foto: Basilio Ruy/P.P07
A terceira e derradeira etapa do Circuito Silverbay Garopabense de Surf 2017 definirá os campeões do circuito no final do ano.
Circuito Silverbay Garopabense de Surf 2017 foi apresentado pela Pro Ilha Surfboards. Co-patrocí­nio da Mormaii, Pena, Acquamar Biquines, Hamburgueria Guna Made e Giesta Incorporadora e Empreendimentos Imobiliários. Apoio: Supermercados Silveira, Pousada Morada Prainha, Restaurante Zanoni, H2O, Ótica Luna, Two Dogs, Graphite, Juice Point, Bando, Go Training, Onda Azul, Mentawai Dreans, Pousada Ferrujão, Pousada Beira Mar, Pousada Mercosurf, Pousada Bronzatto, Bar do Zado, Posto Ale Palhocinha, Carlos Carpinelli e Restaurante Trem Bom. Parceiros: ASF (Associação de Surf da Ferrugem), Projeto Monitoramento Mirim Costeiro, Pousada Palhocinha, e ICMBIO, Prefeitura Municipal de Garopaba e Corpo de Bombeiros de Garopaba. Realização: ASG (Associação de Surf de Garopaba) e Silverbay Brasil. Supervisão Técnica: Fecasurf. Divulgação: Waves.
RESULTADOS

O local Pedro Mendes venceu a categoria Open. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Open
1º- Pedro Mendes
2º- Rodrigo Couto
3º-Josias Pedrinha(RS)
4º- André Gonçalves(Cafu)
Junior
1º- Wallace Vasco
2º- Tayron da Silva
3º-David Soares
4º- Daniel Templar(RJ)

Tayron de Souza, vice-campeão Junior. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Mirim
1º- Leonardo Barcelos
2º-Hedieferson Junior
3º-Daniel Templar (RJ)
4º- Wallace Vasco
Master
1º- Fernando Santiago
2º- Felipe Kita Martins(RS)
3º-Raphael Becker
4º- Márcio Leal

Em sua primeira competição em Garopaba, o surfista de Saquarema(RJ) Daniel Templar chegou a duas finais nesta segunda etapa. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Iniciantes
1º- Leo Casal
2º- Kainan Meira
3º- Artur Romão
4º- Ryan Kainalo (SP)
Petiz
1Â- Anuar Chiah (PR)
2º- Gabriel Ogasahara
3º- Antonio Vitorino
4º- Davi Glazer

Pódio categoria infantil, com a paranaense Luara Mandelli no degrau mais alto. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Infantil
1º- Ryan Kainalo (SP)
2º- Gabriel de Souza(SP)
3º- Takeshi Oyama
4º- Leonardo Bruno
Feminino Infantil
1ª- Luara Mandelli(PR)
2ª- Maria Julia Firmino
3ª- Sofia Rocha de Faria
4ª- Clara Chaves

As areias da Ferrugem movimentadas durante o sábado de competição. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Feminino Iniciantes
1ª- Yasmin Dias(RS)
2ª- Lanai Henrique
3ª- Ariela Andrade
4ª- Julie Arissa
Feminino Junior
1ª- Manu Pacheco
2ª- Julia Duarte (RJ)
3ª- Isabela Saldanha(SP)
4ª- Ariela Andrade

Finalistas da Feminino Inciantes. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Feminino Open
1ª- Julia Duarte(RJ)
2ª- Manu Pacheco
3ª- Manu Ronnau
4ª- Yasmin Dias(RS)
Surf Adaptado
1º- Robson Gasperi
2º- Fidel Teixeira
3º- Pablo Ortiz de Aguiar
4º- Gelder Costa e Jonathan Borba