Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Professora morre ao subir o Monte Everest. Ela queria provar que os vegetarianos não são pessoas fracas

Uma professora australiana morreu ao subir o Monte Everest, na cordilheira do Himalaia, com o marido em uma expedição no último fim de semana. Maria Strydom, de 34 anos, queria completar a missão para provar que “vegetarianos não são fracos”, mas sentiu-se mal na descida, e não resistiu às complicações respiratórias.

Ela foi a segunda pessoa a morrer na montanha mais alta do mundo nesta expedição. Um holandês chamado Eric Arnold, de 35 anos, tinha dito a companheiros: “Meu corpo não tem energia sobrando”, antes de morrer durante o sono, de acordo com a agência de notícias holandesa ANP.

As equipes resgataram o corpo de Maria, enquanto o marido, Robert Gropel, continua uma batalha contra uma acumulação de líquido nos pulmões. O casal tinha alcançado com sucesso o acampamento quatro, 400 metros abaixo do cume, na sexta-feira passada, de acordo com registros dos telefones por satélite que eles levavam.

O gestor operacional da empresa Seven Summit Treks, Furtengi Sherpa, que acompanhava os dois, contou que ela estava lutando pela vida no final. “Maria estava cansada e sua energia caiu. Não havia oxigênio suficiente quando ela estava em uma altitude de 7,8 mil metros”, disse.

Maria e Gropel eram ativistas apaixonados e queriam enfrentar o Everest para desafiar estereótipos sobre a dieta que seguiam. Eles já tinham feito outras grandes escaladas, como o Monte Denali, no Alasca, Aconcágua, na Argentina, o Monte Ararat, na Turquia, e o Kilimanjaro, na África.

“Parece que as pessoas têm essa ideia distorcida que vegetarianos são desnutridos e fracos. Ao subir os sete cumes queremos provar que podem fazer qualquer coisa e muito mais”, disse ela em março.

Posts Relacionados

Gama Academy realiza semana gratuita de capacitação para Carreiras Digitais

Diário da Cidade

Saneamento: entre a lei e a realidade, por Luiz Pladevall

Lu, do Magalu, se aproxima dos clientes e registra 8,5 milhões de interações ao mês com inteligência artificial de IBM Watson

Chegada da primavera acende alerta para aumento de casos de catapora

Estudo clínico da vacina AZD1222 é reiniciado no Brasil

ESET alerta sobre roubo de dados bancários de jogadores de Fortnite e outros games online

Vencedores do 2º Desafio COLETIVO de inovação no transporte público serão escolhidos nesta sexta-feira

Diário da Cidade

Pesquisa aponta que 85% dos pais brasileiros não acreditam que escolas estão preparadas para ensino remoto

Coca-Cola FEMSA Brasil transforma seu edital ‘Ideais para um mundo melhor’ em instrumento de apoio ao combate da Covid-19

Agosto Branco: a importância da conscientização do câncer de pulmão

Ambev abre inscrições para Programa de Estágio em todo o Brasil

Empresas do segmento de mobilidade discutem impactos da Covid-19

Volta às aulas exigirá cuidado com emocional de alunos e professores

Correios negocia Acordo Coletivo de Trabalho em meio à pandemia

Uber inclui categoria de táxi no aplicativo para ampliar opções da plataforma

Procurações para Prova de Vida ao INSS agora podem ser feitas online nos Cartórios de Notas

Agência A+ realiza campanha de arrecadação em prol da causa do câncer infantojuvenil

Taurus doa 5 mil testes rápidos de COVID-19 para São Leopoldo

Diário da Cidade

Align Technology Doa 32 mil Protetores Faciais para Hospitais do Brasil

Diário da Cidade

Exposição de casos de assédio em escolas não resolve problema

Diário da Cidade

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: