Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Correios recebe encomendas da China por via marítima

Os correios brasileiro e chinês firmaram acordo para viabilizar o transporte de encomendas e documentos vindos da China por meio marítimo. A decisão atende solicitação da União Postal Universal (UPU) – agência especializada da ONU que coordena o sistema postal internacional – para flexibilizar os modais de encaminhamento e desburocratizar a entrada de cargas postais pelas alfândegas mundiais.

Devido à redução de voos internacionais, em decorrência de medidas para reduzir a disseminação do novo coronavírus, objetos postados na China estavam retidos no país, sem perspectiva de envio.

Para o presidente dos Correios, Floriano Peixoto, as negociações realizadas demonstram que as entidades postais internacionais estão trabalhando em alternativas que minimizem os impactos da pandemia nos tráfegos comerciais.

“Devido à grande quantidade de carga represada oriunda dos sites de e-commerce chineses, o correio daquele país foi um dos primeiros a optar pelo encaminhamento marítimo. Desta forma, os Correios se prontificaram em seguir os encaminhamentos da UPU para facilitar e desburocratizar a entrada desta carga, garantir a continuidade do serviço postal e, assim, atender às expectativas dos consumidores brasileiros”, afirma o dirigente.

As primeiras cargas chegaram ao Terminal de Contêineres de Paranaguá – (TCP), no Paraná, no último sábado, dia 30. A escolha do porto paranaense se deve à proximidade do Centro Internacional dos Correios em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. A unidade, com 20 mil metros quadrados, é responsável pelo recebimento e desembaraço de grande parte das encomendas internacionais que chegam ao Brasil.

Outras duas remessas de objetos vindas da China por meio marítimo estão previstas para chegar ao TCP nos meses de junho e julho.

A continuidade do serviço por via marítima pós pandemia ainda é uma decisão a ser avaliada. Além do entendimento entre os correios do Brasil e da China, é necessário ainda apurar a adaptabilidade dos operadores, em função do tráfego aéreo reduzido. A modalidade se mostra interessante, dado o volume envolvido e os custos operacionais e de transporte, se comparado ao modal aéreo.

Posts Relacionados

Saneamento: entre a lei e a realidade, por Luiz Pladevall

Lu, do Magalu, se aproxima dos clientes e registra 8,5 milhões de interações ao mês com inteligência artificial de IBM Watson

Chegada da primavera acende alerta para aumento de casos de catapora

Estudo clínico da vacina AZD1222 é reiniciado no Brasil

ESET alerta sobre roubo de dados bancários de jogadores de Fortnite e outros games online

Vencedores do 2º Desafio COLETIVO de inovação no transporte público serão escolhidos nesta sexta-feira

Diário da Cidade

Pesquisa aponta que 85% dos pais brasileiros não acreditam que escolas estão preparadas para ensino remoto

Coca-Cola FEMSA Brasil transforma seu edital ‘Ideais para um mundo melhor’ em instrumento de apoio ao combate da Covid-19

Agosto Branco: a importância da conscientização do câncer de pulmão

Ambev abre inscrições para Programa de Estágio em todo o Brasil

Empresas do segmento de mobilidade discutem impactos da Covid-19

Volta às aulas exigirá cuidado com emocional de alunos e professores

Correios negocia Acordo Coletivo de Trabalho em meio à pandemia

Uber inclui categoria de táxi no aplicativo para ampliar opções da plataforma

Procurações para Prova de Vida ao INSS agora podem ser feitas online nos Cartórios de Notas

Agência A+ realiza campanha de arrecadação em prol da causa do câncer infantojuvenil

Taurus doa 5 mil testes rápidos de COVID-19 para São Leopoldo

Diário da Cidade

Align Technology Doa 32 mil Protetores Faciais para Hospitais do Brasil

Diário da Cidade

Exposição de casos de assédio em escolas não resolve problema

Diário da Cidade

DFL cria Comitê de Ação Social para ações com foco no auxílio e bem-estar da comunidade

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: