Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
DESTAQUES Noticia SC

Governo testa responsabilidade da população ao liberar comércio de rua.

Governo testa responsabilidade da população ao liberar comércio de rua.

Ao anunciar, neste sábado (11), a liberação do comércio de rua e de hotéis, pousadas, hospedagens em geral e bares e restaurantes (nestes casos com retirada de comida apenas no balcão) a partir da próxima segunda-feira (13), o governo do Estado dá um voto de confiança ao catarinense. Com o número de casos confirmados e mortes pelo novo coronavírus em trajetória ascendente, a flexibilização de novas atividades testará o nível de consciência das pessoas.

A essa altura do campeonato, todos os lojistas e prestadores de serviços, se não sabem, deveriam saber de cor e salteado as regras básicas de segurança sanitária: higienização constante dos ambientes (principalmente em áreas comuns de contato, como corrimões, maçanetas e máquinas de pagamento por cartão), fornecimento de álcool gel a funcionários e clientes, uso de máscaras de tecido por parte dos atendentes e, o mais importante, evitar aglomerações, mantendo distanciamento mínimo de um metro e meio entre as pessoas.

Carlos Moisés foi claro no recado: as liberações são temporárias. Estabelecimentos que descumprirem as normas poderão ser multados e até fechados e o governo não vai titubear em voltar atrás se a situação fugir do controle.

Numa sociedade onde muita gente costuma se queixar do nível de interferência do Estado na vida das pessoas, eis a oportunidade de demonstrar responsabilidade, saindo de casa apenas se realmente for necessário, cobrando dos estabelecimentos o protocolo de saúde e denunciando quem descumprir as regras. O bom comportamento parte primeiro do indivíduo, mas tem consequências coletivas. E é ele quem, no final das contas, determina a duração da quarentena. A conferir.

Quarentena prorrogada

Na coletiva de imprensa deste sábado (11), Moisés anunciou que o transporte coletivo municipal, intermunicipal, interestadual e internacional segue proibido até 30 de abril em too o Estado. O mesmo vale para shoppings, centros comerciais e galerias e para a permanência de pessoas dentro de bares, cafés, restaurantes e similares.

Já eventos e reuniões públicas, missas, cultos religiosos, excursões e cursos seguem vetados até 31 de maio. Parques, praças e praias também não poderão receber pessoas até esta data. Aulas das redes municipal, estadual e federal também continuam suspensas até o fim do próximo mês, assim como eventos esportivos, academias, cinemas, teatros, shows e casas noturnas.

Esta é a determinação do Estado. Os municípios, por outro lado, podem ser mais restritivos. Só não podem, conforme orientação do Ministério Público de Santa Catarina, implantar regras mais flexíveis que as impostas pelo governo estadual.

Posts Relacionados

Estudo preliminar indica que vacina tríplice viral diminui pela metade o risco de ter Covid-19 sintomática

Entenda por que o volume de chuva está acima do normal em Santa Catarina

Diário da Cidade

Empresa de bobinas abraça a causa do câncer infanto-juvenil no Brasil

Justiça condena mais um réu envolvido na fraude das cisternas no Oeste de SC

Visitadores do Programa Criança Feliz serão capacitados para identificar violência contra crianças

Vereador pede que Estado antecipe vacinação dos profissionais da Educação

Círculo S/A comemora 83 anos de fundação

Hospital Marieta inicia vacinação de profissionais da linha de frente nas UTIs Covid

Mercado Livre lança programa para formar jovens do entorno de sua operação em Gov. Celso Ramos (SC)

Hospital Marieta recebe novo equipamento angiógrafo

Costa Esmeralda recebeu de forma positiva a campanha “Você está de férias, mas o coronavírus não!”

MPF, Polícia Federal, Receita Federal e MP de Contas/SC deflagram 2ª fase da Operação Alcatraz

MPF pede avaliação laboratorial dos glicosímetros vendidos no Brasil

Primeiro a tomar a vacina em SC pede que população se imunize “em nome do amor”

Perda auditiva prejudica o cérebro e pode causar demência

Aurora desembolsa mais de R$ 100 mi para proteger trabalhadores do coronavírus

Verão gera alerta para combate à dengue e pragas, como ratos, baratas e cupins

INSS: o que muda para quem quer se aposentar em 2021

Casal chapecoense atinge teto de faturamento do MEI em nove meses

Anjo Tintas investe R$ 50 milhões em obras de expansão em Santa Catarina

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: