Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Porto Alegre confirma primeiro surto de zika vírus

A Secretaria da Saúde de Porto Alegre confirmou o primeiro surto de zika vírus da Capital. Ele está concentrado na Vila Tio Zeca, no bairro Farrapos, zona norte, onde cinco pessoas foram diagnosticadas com a doença na forma autóctone. Outros 11 casos suspeitos na mesma região estão sob investigação.

 

Os pacientes são um homem adulto de 31 anos, três meninos de 4,11 e 12 anos e uma mulher não-gestante de 38 anos. A Secretaria da Saúde ainda investiga para descobrir como o surto começou, já que não havia registro de circulação do vírus em mosquitos Aedes aegypti capturados no bairro.

 

“A origem do vírus não temos como precisar. É uma região da cidade onde havia muitos trabalhadores das obras da segunda ponte do Guaíba e existe também uma circulação de pessoas em relação à Arena, pessoas de diferentes áreas da cidade”, explica Anderson Lima, coordenador-geral da Vigilância em Saúde de Porto Alegre.

 

O número concentrado de casos – todos autóctones – levou à secretaria a classificar a situação no bairro como de surto. Segundo a pasta, todas as pessoas não correm risco e já estão sendo medicadas. Estes são os únicos casos de zika vírus de Porto Alegre até o momento.

Posts Relacionados

Para 42% dos jovens, redes sociais podem influenciar eleições e 96% acreditam na relevância das fake news

Disparada no preço dos alimentos que compõem a cesta básica faz pedidos de ajuda em ONG’s explodirem

Edital vai doar R$ 3,7 milhões para ONGs de saúde brasileiras

Brasil registra mais de 13 mil novos casos de câncer de tireoide, segundo INCA

Pastor Michael Aboud Pastor Everaldo

Diário da Cidade

Arena do Grêmio reduz emissão de mais de 630 toneladas de dióxido de carbono

Sua marca está preparada para a geração Z? Veja 3 maneiras de conquistar o novo perfil de consumidor

Crianças e adolescentes por um trânsito mais seguro

Silencioso, câncer de ovário requer atenção e monitoramento

Lançado nesta quinta (19), curso Mais Mulheres na Política está com inscrições abertas