Sebrae/SC lança Programa Cidade Empreendedora em Palma Sola

O Sebrae/SC lança na próxima semana mais uma edição do Programa Cidade Empreendedora em Santa Catarina. Dessa vez o município é Palma Sola no extremo oeste catarinense. O lançamento ocorre nesta terça-feira (29), às 18h30, no Centro de Eventos Jacob Zandoná. A iniciativa será realizada em parceria com a prefeitura e tem como objetivo estruturar e desenvolver medidas para potencializar o desenvolvimento socioeconômico por meio da aplicação de soluções com capacidade para atender demandas de promoção ao empreendedorismo e desenvolvimento local.

            O lançamento contará com a presença do diretor superintendente do Sebrae/SC Carlos Henrique Ramos da Fonseca, o diretor técnico Luciano Pinheiro, o diretor de administração e finanças Anacleto Angelo Ortigara, além do prefeito Cleomar José Mantelli (PMDB) e lideranças de Palma Sola. O programa atua com soluções que envolvem os eixos: Agentes de Desenvolvimento, Desburocratização, Sala do Empreendedor, Compras Governamentais, Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEEP), Município em Números, Levantamento de Oportunidades, Planejamento Estratégico para a Gestão Municipal (PEGEM), Gestão Estratégica Orientada para Resultados (GEOR), Plano de Desenvolvimento Econômico (PEDEM), entre outros.

            O coordenador regional extremo oeste do Sebrae/SC Udo Trennepohl destaca que a contribuição do programa aos municípios é expressiva e traz resultados positivos. “Temos relatos de municípios que cresceram muito no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) por meio da contribuição do Cidade Empreendedora. As ações são executadas em conjunto com os principais atores de desenvolvimento dos municípios, o que contribui exponencialmente para o crescimento da cidade. Temos certeza que em Palma Sola também colheremos bons frutos”.

De acordo com Secretário de Administração/Indústria e Comércio de Palma Sola, Tiago Bianqueto, o município é pequeno e desde que a nova gestão assumiu a administração se comprometeu em estimular o crescimento econômico e, consequentemente, as demais áreas. “Com a nova gestão já é possível constatar um aumento do IDH e da geração de emprego, melhoria do movimento econômico e também da qualidade de vida. O Cidade Empreendedora será mais um potencializador nesse processo contribuindo para a expansão e crescimento de nosso município”, considera.

Em 2018 Palma Sola aumentou em 10% o número de empregos gerados, o melhor índice dos últimos cinco anos. “Após estudos e planejamentos identificamos a necessidade de uma ação de grande porte pensando no município como um todo, tanto no presente como no futuro. Nesse contexto o Cidade Empreendedora também nos auxiliará nas escolas levando aos alunos um olhar empreendedor, incentivando neles o desejo por contribuir com o desenvolvimento de nosso município. Temos certeza que será uma parceria de sucesso”, complementa o secretário.

Além do Sebrae/SC e da Prefeitura, são parceiros no lançamento do programa o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Palma Sola, a Associação Comercial e Empresarial de Palma Sola (ACEPA) e a CDL Palma Sola.