Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Senador Dário Berger defende a implantação do Sistema Nacional de Educação

A necessidade ainda maior de instituir o Sistema Nacional de Educação (SNE), em razão do impacto da covid-19 sobre o ensino, foi unanimidade em sessão temática remota nesta sexta-feira (3). Os debatedores elogiaram o Senado pelo esforço para fazer avançar o SNE.

O SNE deveria ter sido criado até junho de 2016, como previsto no Plano Nacional de Educação (Lei 13.005, de 2014). O Projeto de Lei Complementar 235/2019, relatado pelo senador Dário Berger (MDB-SC), e de autoria do senador Flávio Arns (Rede-PR), busca corrigir essa omissão.

O sistema visa criar padrões para as instituições de ensino em todos os níveis, aumentando a cooperação entre União, estados e municípios e ajudando a cumprir o previsto no artigo 206 da Constituição. Esse artigo inclui, entre os princípios segundo os quais o ensino será ministrado, a igualdade de condições para acesso e permanência na escola e a garantia de um padrão de qualidade.

Participaram do debate representantes do governo, de entidades representantes de professores, de estudantes e de servidores do ensino, além de organizações não governamentais. Todos apoiaram a criação do Sistema Nacional de Educação como forma de combater a desigualdade no ensino, agravada pela pandemia.

Foram feitas diversas sugestões ao relatório, acolhidas por Dário Berger:

“Na minha vida, sempre prezei pelo diálogo. Sendo assim, estamos na terceira versão do nosso relatório, construindo após mais de 50 reuniões com as mais diversas entidades, associações e especialistas em educação. Passaremos a uma nova fase, que é a de pautar o projeto no Plenário, cientes de que estaremos dando uma grande contribuição rumo à educação organizada e de qualidade”, ressaltou o senador.

Berger e outros debatedores lembraram que as primeiras tentativas de criar um sistema nacional de educação datam de quase cem anos atrás, com a publicação, em 1932, do Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova.

Presidindo a sessão, o senador Marcelo Castro (MDB-PI), que também preside a Comissão de Educação (CE), defendeu o projeto como uma “importante política pública”:

“A proposta que avaliamos neste momento é abrangente, plural e justa. E é, para além de um aprimoramento legal, uma exortação ao diálogo, à concertação de esforços e à própria forma federativa de organização do Estado”, disse o senador piauiense.

Com informações da Agência Senado

Foto: Roque de Sá 

Posts Relacionados

Em oito meses, IMA realiza 30 operações de fiscalização de produtos perigosos

Vokkan lança manifesto para apresentar o posicionamento do VivaPark Porto Belo, primeiro bairro parque do Brasil

Programa do SENAR/SC transforma a vida de mulheres do campo em São Domingos

Deputado Kennedy Nunes apresenta ao Ministério da Saúde proposta de incluir a cirurgia de correção intrauterina na tabela do SUS

STARK realiza curso sobre M&A e Operações de Crédito no Centro de Inovação Blumenau em 6 de outubro

Feira do Empreendedor Digital 2021 do Sebrae está com as inscrições abertas

II Conecta Saúde promove debate sobre segurança do paciente

Diário da Cidade

FFM tem inscrições abertas em cursos voltados a capacitação de executivos e empreendedores

Cooperativas Ailos se unem para preservar o bem-estar e a saúde mental de colaboradores

Santa Catarina zera imposto de medicamentos do kit intubação

Ferramenta gratuita do SENAR ajuda a garantir qualidade na produção de leite

Warren Investimentos anuncia aquisição da corretora Renascença DTVM

Governo do Estado trabalha para desbloquear rodovias catarinenses

Mercado imobiliário altamente aquecido atrai novas empresas para a região da Costa Esmeralda

Banco para condomínios fundado em SC recebe novo investimento de 6 milhões de reais

Mapeamento do ecossistema de CTI de SC ainda tem temas disponíveis para projetos

Rita Maria completa 40 anos de conexões, chegadas e partidas

Projeto que oferece cinema ao ar livre vai percorrer Santa Catarina

PremierSoft, de Blumenau, é listada entre as cinco melhores empresas para se trabalhar no país

Unimed Chapecó faz doação de ambulância para a Chapecoense

Diário da Cidade