Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Técnicas para se concentrar nos estudos ouvindo música

* Leonardo Chucrute  é Diretor-geral do Colégio e Curso ZeroHum

 

 

Muitos alunos têm dúvidas se ouvir música durante os estudos pode melhorar o desempenho. De acordo com um estudo da Universidade de Caen, na França, estudar ouvindo música favorece a concentração do estudante. Já a pesquisa realizada pela Universidade de Phoenix, nos EUA, apontou que os alunos que ouviam música, tinham um rendimento menor do que aqueles que não ouviam.

 

Vale ressaltar que cada ser humano é único e possui suas próprias características e limitações. Logo, isso não significa necessariamente que é impossível ouvir música enquanto estuda e ter um rendimento excelente.

 

Para começar, é preciso entender que alguns tipos de música específicos devem ser selecionados. Por exemplo, não dá para optar por um “pancadão” ou um “rock pesado” – esses estilos são ótimos para fazer atividade física – mas, durante o estudo, ao invés de te ajudar, pode acabar atrapalhando.

 

A plataforma de streaming Spotify também realizou uma pesquisa utilizando diferentes tipos de gêneros musicais para avaliar como cada matéria se comportava com o estilo de música. Escutar música clássica, por exemplo, melhorou o desempenho nas disciplinas exatas. Já nas de linguagens, ficou entendido que músicas acompanhadas de letras não eram adequadas, principalmente quando se faz necessário muita atenção, pois o cérebro pode começar a captar a letra da música e tirar o foco da leitura.

 

É claro que o estilo musical de cada pessoa varia e alguns não gostam da música clássica. Por isso, o que fazer? Primeira opção: crie uma playlist com músicas que você já conhece que não tenham letras muito estrondosas. Assim, seu cérebro não vai prestar tanta atenção naquela letra, deixando apenas um som de fundo.

 

A segunda opção é o famoso estilo lo-fi, que tem características de leveza e simplicidade, e não tem muitos vocais. Ele ajuda a manter o foco e a concentração. E se você quer manter o ritmo de calmaria, pode optar pelo som da natureza. Assim como os bebês se acalmam com as canções de ninar, o barulho da chuva pode ser uma alternativa para te concentrar. Não existe fórmula mágica. Veja o que se aplica melhor a você e bons estudos.

 

(*) Leonardo Chucrute é diretor-geral do Colégio e Curso ZeroHum, Professor de matemática, ex-cadete da AFA e autor de livros didáticos.

Posts Relacionados

Dos 2.500 empregos a serem gerados pela RNI cerca de 500 é em Santa Catarina

TRT-SC ABRE INSCRIÇÕES PARA SEMANAS DE CONCILIAÇÃO E EXECUÇÃO

Stone abre vagas de emprego em três municípios de Santa Catarina

Fisioterapia tem sido aliada no tratamento de sequelas pós- AVC

Centros de conciliação homologam mais de R$ 93 milhões em acordos trabalhistas no primeiro semestre em SC

Registro de Propriedades em SC é destaque no relatório do Banco Mundial

Grupo do Bay apresenta Fibra Fisio Marathon ao prefeito Ari Vequi

Warm Up Opcon 2021: evento nesta quinta discute a era da voz e estratégias para tirar proveito dela

Diário da Cidade

Inverno e coronavírus: nutricionista indica ações que reforçam a imunidade

Atacadista comemora números expressivos em campanha promocional

Educação oferece 2,4 mil vagas para cursos técnicos gratuitos em SC

Lei proíbe cobrança de taxas abusivas por universidades privadas em Santa Catarina

Udesc sobe 29 posições no ranking e está entre as melhores da América Latina

Sebrae/SC lança o programa Cidade Empreendedora em Porto Belo

Gralha Imóveis anuncia Kzas Krédito como plataforma de crédito imobiliário

Diário da Cidade

Representantes da Costa Verde & Mar e Santur alinham estratégias para a próxima temporada de verão

Incubadora Fermento, parceria da Abrasel/SC com MIDITEC, abre inscrições para startups do segmento de gastronomia

Sebrae/SC realiza evento exclusivo para mulheres empreendedoras formalizadas

Dia Mundial da Saúde Ocular alerta sobre prevenção e cuidado com os olhos

Biquínis de Chapecó conquistam o mundo