Florianópolis recebe espetáculo infantil da Cia Fiandeiros (PE)

O espetáculo para a infância da Companhia Fiandeiros de Teatro (PE) será apresentado no Teatro Álvaro de Carvalho nos dias 27 e 28 de julho. Também estão previstas: uma ação formativa com crianças carentes, debates e encontro com o Grupo de Teatro local Em Trâmite.

 

*Diversas ações contam com tradução em Libras e Audiodescrição.

Nos dias 27 e 28 de julho, o público da Ilha da Magia poderá se divertir e se emocionar com o espetáculo Vento Forte para Água e Sabão. Em cena está a linda história de amizade entre Bolonhesa, uma bolha de sabão, e Arlindo, uma rajada de vento. Sabendo dos riscos que corre por ser uma bolha, Bolonhesa decidiu ficar parada no seu cantinho, com medo de se arriscar a conhecer o mundo. Eis que conhece o cativante Arlindo, que com muita cumplicidade, ajuda essa curiosa bolhinha a viver uma divertida aventura, descobrindo as coisas lindas que estão espalhadas pelo mundo.

Na peça, o Diretor André Filho utiliza figuras poéticas inspiradas na criação do universo, dos planetas e do sopro criador da humanidade, para convidar o público a refletir sobre o universo de uma bolha de sabão e viajar nesta história criada por Giordano Castro e Amanda Torres. Composto de canções originais executadas ao vivo pelos atores, Vento Forte para Água e Sabão tem uma linguagem de fácil compreensão, sem deixar, no entanto, de aprofundar reflexões sobre o valor de uma amizade, os medos e superações da vida. A peça traz à cena a personagem de uma bolha de sabão chamada Bolonhesa, inspirada na leveza de uma bailarina clássica, e Arlindo, uma rajada de vento, representado como um Caboclo de Lança, figura muito marcante do Maracatú Rural da Cultura Popular Pernambucana. As relações aparentemente antagônicas entre essas duas representatividades são o mote do espetáculo, que cria um universo lúdico de comunhão, poesia e delicadeza através de encontros inusitados e da efemeridade da vida.

Produzido por Daniela Travassos, o espetáculo estreou em 2016 em Recife, onde já cumpriu quatro temporadas de absoluto sucesso. Participou também de importantes festivais de Pernambuco, entre eles: Trema!, Festival Recife do Teatro Nacional, Festival de Inverno de Garanhuns, Feteag, Festa do Estudante de Triunfo e Festival Janeiro de Grandes Espetáculos, este último recebendo 09 prêmios na categoria Teatro Para Infância e Juventude, entre eles o de melhor espetáculo, direção e texto. Com o apoio do Ministério da Cidadania e patrocínio do Programa Petrobras Distribuidora de Cultura, o projeto visitou Natal em maio, e será apresentado em Florianópolis de 24 a 28 de julho.

Além das apresentações abertas ao público, a Companhia Fiandeiros de Teatro também realizará uma oficina de teatro para crianças de uma instituição pública local, além de oferecer uma visita guiada às dependências do Teatro. O grupo também terá um encontro com o Grupo de Teatro local Em Trâmite, para trocar experiências e debater sobre o Teatro para Infância no Brasil.

Ficha Técnica

Texto: Giordano Castro e Amanda Torres

Direção Geral: André Filho

Elenco: Tiago Gondim, Daniela Travassos, Geysa Barlavento, Kéllia Phayza, Victor Chitunda e Ricardo Angeiras

Direção Musical e Arranjos Vocais: Samuel Lira

Direção de Arte: João Denys e Manuel Carlos

Direção de Produção: Daniela Travassos

Iluminação: João Guilherme de Paula

Operação de Luz: Charly Jadson

Produção Executiva: Daniela Travassos e Jefferson Figueirêdo

Fotografias: Rogério Alves

Realização: Companhia Fiandeiros de Teatro

 

Serviço: 

O Quê: Vento Forte para Água e Sabão

Quando: Dias 27 e 28 de julho, às 16h

Onde: TAC- Teatro Álvaro de Carvalho. Rua Mal. Guilherme, 26, Centro

Para quem: Crianças de 0 a 100 anos

Quanto: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) – Vendas na bilheteria do Teatro

Informações: 3665-6400

*Esta ação conta com tradução em Libras e Audiodescrição.

 

Debate: Ao final de cada sessão do espetáculo, será realizado um debate entre atores e plateia. *Esta ação conta com tradução em Libras e Audiodescrição.

 

– Este projeto foi selecionado pelo programa Petrobrás Distribuidora de Cultura 2017/2018

Conheça mais um pouco sobre a Companhia Fiandeiros de Teatro:

Site: www.fiandeiros.com.br

Instagram: https://instagram.com/fiandeirosdeteatro

Facebook: https://www.facebook.com/fiandeirosdeteatro

* Ação Formativa – Oficina de Teatro Para Crianças – Jogos Teatrais – A Companhia Fiandeiros de Teatro promoverá em Florianópolis uma oficina de teatro para 20 crianças com faixa etária entre 07 e 12 anos. – Dias 24, 25 e 26 de julho, das 14h às 17h – Local: Escola Livre de Arte – Rua Alves de Brito, 334 – Centro. Informações: cialavaca@gmail.com.

* Conhecendo o Teatro: Visita Guiada ao Teatro – As crianças participantes da Oficina de Teatro Para Crianças – Jogos Teatrais serão convidadas a participar uma visita guiada por todo o Teatro Álvaro de Carvalho, conhecendo os bastidores, camarins, cabines de som e Luz e equipamentos.  *Esta ação conta com tradução em Libras e Audiodescrição.

* Encontro com artistas locais: A Companhia Fiandeiros realizará um encontro com o Grupo de Teatro local Em Trâmite. O tema do encontro será a pesquisa sobre o Teatro Para Infância em Recife e em Florianópolis, traçando um paralelo entre o repertório da companhia local com a Cia Fiandeiros de Teatro. Local: Microcentro Cultural Casa Vermelha. www.casavermelha.art.br

Sobre a Cia Fiandeiros de Teatro

A Companhia Fiandeiros de Teatro iniciou seus trabalhos em 2003, tendo como foco o estudo do Teatro para Infância e Juventude. Formada por músicos, atores, artistas plásticos e arte/educadores, a companhia procura mesclar em seus trabalhos, a harmonia dos elementos de cena a partir da linguagem trazida por cada um de seus integrantes. Como fruto de sua primeira pesquisa surgiu o texto Outra vez, era uma vez…., escrito por André Filho, que em 2004 obteve o 2o lugar no Prêmio Funarte de Dramaturgia- Região NE, na categoria Teatro para infância e juventude. No mesmo ano, o grupo se dedicou à montagem do espetáculo Vozes do Recife – um concerto poético. Com esse espetáculo, participou de diversos Festivais e Eventos, excursionou pelo interior de Pernambuco e em janeiro de 2005, recebeu os prêmios de melhor espetáculo e melhor direção para André Filho, no Festival Janeiro de Grandes Espetáculos (PE). Ainda no mesmo ano, o Grupo se dedicou a uma nova pesquisa: O Capataz de Salema, que estreou cerca de dez meses depois. Após cumprir temporada em Recife, o espetáculo realizou curtas temporadas em quatro capitais do Nordeste e recebeu os prêmios de Melhor Cenário, Melhor Iluminação e Melhor Ator Coadjuvante (Manuel Carlos), no Festival Janeiro de Grandes Espetáculos, e os prêmios de Melhor Iluminação e Especial do Júri para o Coro de Parcas, no Festival de Teatro do Rio de Janeiro.

Dando continuidade ao primeiro estudo iniciado pela companhia, a Companhia Fiandeiros de Teatro estreou em 2008 a montagem do texto Outra Vez, Era Uma Vez…. A peça, que foi inicialmente pensada para ser o ponto de partida da Companhia, acabou por comemorar os cinco anos de atividade artística do Grupo, fazendo temporadas na cidade do Recife e participando de diversos Festivais. O espetáculo foi o grande premiado do Festival Janeiro de Grandes Espetáculos realizado em janeiro de 2009, no qual, após concorrer a nove categorias, ganhou os prêmios de melhor cenário, melhor maquiagem, melhor trilha sonora, melhor figurino, melhor diretor, melhor espetáculo e especial do júri como estímulo a dramaturgia para infância e juventude.

Em 2010 a Companhia Fiandeiros, em parceria com o Sindicato dos Artistas – SATED, abre em sua sede a Escola de Teatro Fiandeiros com 01 ano de duração e 14 disciplinas profissionalizantes na área de Teatro. No mês de maio iniciou sua nova pesquisa: Paralelas do Tempo- A Teatralidade do “não ser”, que realizou estudos acerca dos moradores de rua da cidade do Recife, e teve duração de 10 meses. Nesse período, a Companhia mergulhou no universo dos moradores de rua, e a partir deste mergulho surgiram três fragmentos de dramaturgia: O PRESENTE, A CURA e SALOBRE, gerando assim o embrião do seu quarto trabalho, o espetáculo: Noturnos, que fez sua estreia em outubro de 2011 e participou da Mostra Capiba, em Recife e dos Festivais de Artes Aldeia Yapoatan (Jaboatão – PE) e Aldeia Olho D’Água dos Bredos (Arcoverde-PE). Em 2012 participou do Festival Janeiro de Grandes Espetáculos, no qual recebeu as indicações de melhor ator e atriz coadjuvante (Manuel Carlos e Daniela Travassos) e circulou pelas cidades do Rio de Janeiro, Niterói, São Paulo e Curitiba.

Em 2013/2014 a Companhia realizou as leituras dramáticas: Engenho Velho, O Mistério das Figuras de Barro e A Lira dos Vinte Anos, e ainda montou: Adeus Ano Novo!, a partir da obra de Nelson Rodrigues, escrito e dirigido por André Filho. Em Janeiro de 2015, a Companhia foi homenageada pelo XXI Festival Janeiro de Grandes Espetáculos, pelo trabalho realizado na cidade do Recife ao longo dos seus doze anos de atividades ininterruptas. Ainda em 2015, o Grupo realizou o Projeto Espaço Fiandeiros – Dramaturgia Clássica, promovendo palestras e debates sobre a dramaturgia clássica e sua relação com o teatro contemporâneo; realizando leituras dramáticas e montando três solos inéditos a partir dos textos: Antígona, de Sófocles, O Canto do Cisne, de Thekov e A Tempestade, de Shakespeare, com direção de Luís Reis, Marianne Consentino e João Denys. Em 2016, se dedica a estreia do espetáculo: Vento Forte para Água e Sabão, de Giordano Castro, com direção de André Filho, que será apresentado nos dias 27 e 28 de julho em Florianópolis, graças ao apoio do Ministério da Cidadania e da Petrobrás.

Além da Circulação do espetáculo Vento Forte para Água e Sabão, a Companhia se dedica à sua Escola de Teatro, referência no ensino em Pernambuco, onde chega a receber interessados de todo o Estado e de vizinhos, como Paraíba e Alagoas. Os projetos desenvolvidos pela Companhia Fiandeiros dialogam entre si e cruzam as suas ações com a escola, como encenações que permitem o intercâmbio entre o trabalho de atores profissionais com os alunos, numa experiência de troca e fruição das obras dramáticas. Através do programa de estágio, em parceria com a UFPE, alunos da graduação em teatro da universidade podem realizar seu estágio curricular na Escola de Teatro Fiandeiros.

 

Sobre o Programa Petrobrás Distribuidora de Cultura

O Programa Petrobras Distribuidora de Cultura tem como objetivo contemplar projetos de circulação de espetáculos teatrais não inéditos, relevantes no cenário cultural brasileiro, e conta com a parceria do Ministério da Cultura (MinC). No último edital, aberto para o biênio 2017-2018 foram investidos R$ 15 milhões. Ao todo, foram escolhidos 57 espetáculos, com representantes de todas as regiões do País. As apresentações ocorrem em todos os estados.