Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
DESTAQUES

MPF pede a condenação de três envolvidos na Operação Alcatraz

O Ministério Público Federal (MPF) em Santa Catarina apresentou alegações finais na última sexta-feira (24) em Ação Penal Pública movida contra três envolvidos na Operação Alcatraz. Os agentes públicos Luiz Carlos Maroso e Nelson Castelo Branco Nappi Júnior e o empresário Maurício Rosa Barbosa são acusados de fraude em licitação com superfaturamento de equipamentos de informática adquiridos pela Secretaria de Estado da Administração (SEA) para a Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) em Rio do Sul e em Ituporanga (SC). A investigação revelou o que a análise dos procedimentos de dispensa de licitação já indicava: “o conluio entre os agentes públicos e o empresário, em flagrante prejuízo ao erário, ao interesse público e à competitividade, com o intuito de fraudar e frustrar o caráter competitivo da licitação”.

Em setembro de 2011 os três acusados agiram em coluio direcionando para ajustar a contratação emergencial da empresa Integra Tecnologia Ltda. em favor da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Rio do Sul e Ituporanga (SC), por meio de dispensa de licitação conduzida por Luiz Carlos Maroso, que tinha como objeto a substituição de bens danificados pela enchente ocorrida em setembro de 2011. O serviço incluía a configuração de todos os novos ativos de rede em Rio do Sul ao custo total de R$ 376.501,44 e em Ituporanga ao custo total de R$ 40.035,34.

Ainda em setembro de 2011 Luiz Carlos Maroso, Nelson Castelo Branco Nappi Junior e Mauricio Rosa Barbosa, “todos em conluio, frustraram e fraudaram, mediante ajustes e combinações, nas fases interna e externa do certame, o caráter competitivo do processo administrativo para contratação emergencial da SDR de Rio do Sul (processo de contratação direta SEA 6057/2011) e SDR de Ituporanga (processo de contratação direta SEA 6056/2011), com o intuito de obter, para si, as vantagens decorrentes da adjudicação do objeto daquela licitação, bem como elevaram arbitrariamente o preço do objeto desse certame”, diz a Ação Penal.

De acordo com a Ação, Luiz Carlos Maroso foi o principal responsável pela condução do processo de dispensa de licitação fraudulento, assim como pela busca da única proposta claramente superfaturada apresentada pela empresa Integra. Ele também foi o responsável por estabelecer quais equipamentos deveriam ser substituídos em decorrência da enchente na SDR de Rio do Sul e de Ituporanga, bem como determinou o valor de cada equipamento e o superfaturamento realizado. Ele era o gerente de redes de comunicação da SEA, técnico que chefiava a área de TI e tinha, por essa condição, conhecimento dos reais valores de mercado dos produtos e serviços a serem adquiridos/contratados, bem como das empresas que efetivamente atuavam nesses segmentos.

Nelson Castelo Branco Nappi Junior, por sua vez, então secretário adjunto da Secretaria de Estado de Administração, autorizou a contratação emergencial da empresa Integra, estabelecido a partir da proposta direcionada e superfaturada solicitada por Maroso. Os pagamentos superfaturados dos valores relativos à contratação emergencial da SDR Rio do Sul em 2011, segundo a Ação Penal, tiveram como “ordenador primário” de despesas o então secretário adjunto de Administração, que supervisionou e controlou a contratação emergencial superfaturada e fraudulenta.

Mauricio Rosa Barbosa agiu em coluio com os demais denunciados, apresentando proposta superfaturada, com valor global de R$ 376.501,44, para a contratação emergencial da Integra Tecnologia Ltda., da qual era representante e gestor. Maurício foi o beneficiário dos desvios das verbas públicas pagas indevidamente em virtude do contrato superfaturado.

As alegações finais foram encaminhadas à Justiça Federal de Florianópolis assinada pelos procuradores da República Alisson Campos, Douglas Guilherme Fernandes, Lucas Aguilar Sette, Mario Sergio Ghannage Barbosa e Rodrigo Joaquim Lima, membros da força-tarefa do MPF.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal em SC
Atendimento ao público: (48) 2107-6100 e 2107-2410
Atendimento à imprensa: (48) 2107-2466, 2107-2480 e 2107-2474
E-mail: prsc-ascom@mpf.mp.br
www.mpf.mp.br/sc
Twitter: @MPF_SC

Posts Relacionados

COVID-19 NÃO GEROU DEMISSÕES NA CONSTRUÇÃO CIVIL DE ITAJAÍ E REGIÃO

Prefeitura de Camboriú inicia nova etapa do Horto Municipal

Combatendo a violência contra a mulher

Adequações e atrações da Costa Verde & Mar serão apresentadas para 12 países da América Latina

Nota de falecimento: Marlene Werner esposa do sócio-fundador do Centro Universitário Avantis – UniAvan

Live Solidária arrecada 68 cestas básicas

FFM e Rotary Club de Blumenau – Garcia lançam Campanha Lacre Solidário 2020-2021

Distribuição de donativos da Campanha do Agasalho é prorrogada

Clínica de Fisioterapia da UniAvan oferece atendimento gratuito para quem já teve Covid-19

Correios divulga resultado do Programa Jovem Aprendiz

Novo posto da Polícia Federal do Itajaí Shopping irá ampliar e agilizar emissão de passaportes

Diário da Cidade

Hospital Santa Inês será reaberto para enfrentamento da pandemia em Balneário Camboriú

Lei possibilita suspensão de até quatro parcelas do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES)

Impactos da COVID-19 na educação exigem maior interação entre família e escola

Empresa que concedeu alimentação e moradia apenas a imigrantes haitianos agiu legalmente, julga 5ª Câmara

Governo de SC entrega 20 respiradores ao Hospital Marieta Konder em Itajaí

MPB Classic é a atração desta sexta-feira no Magic Drive-In, em Balneário Camboriú

Confira o Boletim epidemiológico Covid-19 em Camboriú

diariodacidade

Alesc dará prosseguimento a pedido de impeachment de Carlos Moisés e vice

diariodacidade

2 mortes e 151 novos casos de coronavírus nesta quarta-feira (22) em Balneário Camboriú

diariodacidade

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: