Hora e lugar certos para Edson Barboza

179

Estados Unidos – A principal oportunidade da carreira de Edson Barboza chega num momento de maturidade e de necessidade de se reinventar para conquistar o cinturão dos leves. Após altos e baixos, o friburguense quer mostrar todo o seu potencial contra o ex-campeão Anthony Pettis, neste sábado, no UFC 197, em Las Vegas (EUA), num combate que serve de pano de fundo para a disputa de cinturão interino dos meio-pesados, entre Jon Jones e Ovince St. Preux. Edson, no entanto, garante que não será apenas um coadjuvante.

“Treinei duramente para a luta. Sem dúvida, estou muito feliz com essa oportunidade e há tempos esperava por esse momento. Acho que será uma grande luta, com boa troca de golpes. Luta em pé”, analisou o brasileiro, de 30 anos.

As muitas lesões sofridas nos últimos anos atrapalharam seu desempenho e impediram que a carreira deslanchasse. Refeito das decepções, Edson Barboza crê que neste sábado tudo será diferente e que vive sua melhor fase física. O lado psicológico, segundo ele, está mais sólido do que uma rocha para alcançar o topo da divisão, que tem Rafael dos Anjos como campeão.

“Passei por momentos difíceis e agora tudo é diferente. Só penso em fazer uma boa luta e me preparei bem para isso. Estou sem lesões, com ótimos treinadores e na melhor forma. Meu foco está na luta e na vitória. Eu só enxergo a vitória, esse é meu objetivo”, declara, confiante.

Outros três brasileiros figuram no card do UFC 197: o peso-médio Rafael Natal vai para cima de Robert Whittaker, Juliana Lima tem pela frente a ex-campeã dos palhas Carla Esparza e o meio-pesado Marcos Pezão encara Clint Hester.

Card principal

Jon Jones x Ovince St. Preux
D. Johnson x Henry Cejudo
Anthony Pettis x Edson Barboza
R. Whittaker x Rafael Natal
Yair Rodriguez x André Fili

Card preliminar

Sergio Pettis x Chris Kelades
Danny Roberts x D. Steele
Carla Esparza x Juliana Lima
Glaico França x James Vick
Walt Harris x Cody East
Marcos Pezão x Clint Hester
Efrain Escudero x Kevin Lee