Big Wave Awards 1 Yuri Soledade e Andrea Moller vencem

472
Yuri Soledade vence o prêmio de maior onda da temporada no Big Wave Awards.
Yuri Soledade vence o prêmio de maior onda da temporada no Big Wave Awards.

Terminou na madrugada deste domingo, em Anaheim, Califórnia (EUA), o Big Wave Awards, evento conhecido como o Oscar do surfe de ondas grandes.

O baiano Yuri Soledade foi uma das sensações da noite, vencendo o prêmio “XXL Biggest Wave” depois de surfar a maior onda da temporada, em Jaws, Havaí. Pela vitória, Yuri embolsou US$ 20 mil.

Quem também se deu bem foi Andrea Moller. A brasileira naturalizada norte-americana foi eleita a atleta com melhor performance feminina. Como prêmio, Moller faturou US$ 10 mil.

960x639

Andrea Moller é eleita a melhor big rider da temporada. Foto: Divulgação / WSL.

Já o carioca Pedro Calado, que estava em três finais, não venceu nenhuma categoria individual, mas terminou em nono lugar na categoria de melhor performance.

Entre os estrangeiros, Shane Dorian mais uma vez foi destaque, faturando os prêmios de onda do ano e melhor performance, saindo da festa com mais US$ 108 mil na conta bancária.

Aaron Gold foi o vencedor do prêmio de maior onda na remada, Niccolo Porcella levou a categoria de pior vaca e Keala Kennelly bateu até os homens na categoria tubo do ano.

Veja o vídeo de Yuri Soledade


Conheça os vencedores

Categoria Onda do Ano (prêmio de US$ 93 mil para o surfista e de US$ 9 mil para o fotógrafo)

Shane Dorian (Kona, Havaí, EUA) em Jaws, Maui, Havaí, no dia 6 de dezembro de 2015 (vídeo de Ryan Moss.)

 

Maior Onda na Remada (US$ 25 mil para o surfista e US$ 5 mil para o fotógrafo)

Aaron Gold (Haleiwa, Havaí, EUA) em Jaws, Maui, Havaí, em 15 de janeiro de 2016. (foto de Brent Broza)

 

Maior Onda (US$ 20 mil para o surfista e US$ 5 mil para o fotógrafo)

Yuri Soledade (Bahia, Brasil) em Jaws, Maui, Havaí, em 25 de fevereiro de 2016. (foto de Jimmie Hepp)

 

Tubo do Ano (US$ 10 mil para o surfista e US$ 4 mil para o fotógrafo)

Keala Kennelly (Haleiwa, Havaí, EUA) em Teahupoo, Tahiti, em 22 de julho de 2015. (foto de Tim McKenna)

Wipeout of the Year (Vaca do Ano)

Niccolo Porcella (Sardegna, Itália) em Teahupoo, Taiti, em 22 de julho de 2015. (Video de Tim Pruvost.)

Surfline Best Overall Performance

1. Shane Dorian (Kona, Havaí, EUA)
2. Jamie Mitchell (Currumbin, Queensland, Austrália)
3. Greg Long (San Clemente, Califórnia, EUA)
4. Aaron Gold (Haleiwa, Havaí, EUA)
5. Kai Lenny (Haiku, Havaí, EUA)
6. Nic Lamb (Santa Cruz, Califórnia, EUA)
7. Mark Healey (Haleiwa, Havaí, EUA)
8. Trevor Carlson (Haleiwa, Havaí, EUA)
9. Pedro Calado (Rio de Janeiro, Brasil)
10. Will Skudin (Long Beach, Nova York, EUA)

Women’s Best Overall Performance

1. Andrea Moller (Haiku, Havaí, EUA)
2. Keala Kennelly (Haleiwa, Havaí, EUA)
3. Paige Alms (Haiku, Havaí, EUA)
4. Emi Erickson (Haleiwa, Havaí, EUA)
5. Bethany Hamilton (Hanalei, Havaí, EUA)